Náutico X Avaí: Veja a provável escalação e cenários para o retorno para o G4 da Série B

Leão da Ilha precisa vencer para depender apenas de uma vitória simples na última rodada para garantir o acesso.

O Avaí terá uma nova oportunidade para retomar a sua vaga dentro da zona de classificação para a Série A diante do Náutico, neste domingo (21). Mesmo na 5ª colocação, a rodada favorece ao Leão da Ilha.

Apesar dos três jogos sem vencer, os comandados de Claudinei Oliveira dependem apenas da sua vitória para entrar no G4 da Série B. Dessa forma, iria para a última e decisiva rodada precisando apenas de mais uma vitória simples contra o Sampaio Corrêa, em casa, para subir,

Enquanto isso, o Goiás e Guarani – 3º e 4º colocados, respectivamente – também se enfrentarão na segunda-feira (22). Vale ressaltar que o Esmeraldino soma 61 pontos e o Bugre 59, apenas um na frente dos catarinenses.

Veja os cenários:

Vitória do Goiás: O Esmeraldino chega aos 64 pontos e o Leão da Ilha precisa vencer para ocupar a posição do Goiás. Caso apenas empate, iguala a pontuação do Guarani, mas pode ficar na 5ª colocação por conta do saldo de gols, sendo sete contra 15 do Bugre.

Vitória do Guarani: A equipe de São Paulo chegaria aos 62 pontos e passaria o Goiás. Mais uma vez, a vitória do Avaí seria fundamental para chegar aos 61, mesma pontuação do Esmeraldino, mas ocuparia a 4ª posição por conta do número de vitórias, sendo que chegaria na 17ª contra 16 do Goiás.

Empate: O Goiás chegaria aos 62 pontos e o Guarani aos 60. Dessa forma, o Leão da Ilha precisa da vitória para somar 61 e passar o Bugre. Em caso de empate, o Avaí chegaria apenas aos 59 e correndo o risco de ser ultrapassado pelo CRB e CSA – o que iria comprometer ainda mais a matemática do torcedor Azurra.

Como vem

O Leão da Ilha conseguiu um efeito suspensivo, na tarde desta sexta-feira (19), e o lateral Edílson está livre para atuar contra o Náutico.

Uma baixa confirmada é a do meio-campo Jadson. Após suposições da saída do meia, a diretoria do Avaí emitiu uma nota onde afirma que o atleta conversou com o executivo Felipe Ximenes e o gerente de futebol Marquinhos, alegou “problemas pessoais” e pediu para não viajar.

A informação sobre a ausência do jogador na lista de relacionados para a viagem foi divulgada primeiramente pelo repórter Cristian Delosantos, da rádio Guarujá.

Jadson chegou ao Avaí em setembro emprestado pelo Athletico-PR. Em nove partidas pela equipe catarinense ele ainda não marcou gols.

Enquanto o Leão da Ilha segue com seu futuro em aberto, o Náutico já não tem chances de acesso e não corre risco de rebaixamento. Por conta disso, o técnico Hélio dos Anjos deverá usar seus principais jogadores pela última vez diante do Avaí. Isso porque o comandante confirmou que dará férias antecipadas para os atletas após o confronto deste domingo (21).

Para o jogo diante do Leão da Ilha, o Timbu não contará com o lateral Júnior Tavares, suspenso após terceiro cartão amarelo. Enquanto isso, segue a dúvida sobre a disponibilidade dos zagueiros Camutanga e Rafael Ribeiro por questões físicas.

Assim como o volante Rhaldney se queixou de dores musculares e pode desfalcar o Náutico. No entanto, treinou com o restante do time nesta sexta-feira (19) e pode pintar entre os relacionados.

FICHA TÉCNICA:

Náutico: Anderson; Thassio, Camutanga, Rafael Ribeiro  Guilherme Nunes (Luan); Rhaldney, Matheus Trindade, Matheus Jesus e Jean Carlos; Vinícius e Guillermo Paiva (Álvaro). Técnico: Hélio dos Anjos.

Avaí: Glédson; Edilson, Alemão, Betão e João Lucas; Bruno Silva, Jean Cléber e Lourenço; Copete, Getúlio e Vinícius Leite. Técnico: Claudinei Oliveira.

Arbitragem: O responsável por apitar a partida é Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA-RJ). Os auxiliares serão Luiz Claudio Regazone (CBF-RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (CBF-RJ). Enquanto isso, Carlos Eduardo Nunes Braga (CBF-RJ) será o árbitro de vídeo e Carlos Henrique Cardoso de Souza (CBF-RJ) o auxílio do VAR.

Local: Estádio dos Aflitos, Recife (PE).

Data e horário: Domingo (21), às 19h.

Fonte: ND+