Com a vitória apertada em Turim, o sérvio Novak Djokovic fez sua estreia no ATP Finals de 2021. O número 1 do mundo e cinco vezes campeão do torneio derrotou nesta segunda-feira, um adversário à altura, o norueguês Casper Ruud, em sets diretos;7/6 (7\4) e 6\2, após 1h30 de partida decorrida. Com isso, Novak amplia seu ótimo retrospecto nas primeiras rodadas, ao longo de sua 14º exibição no torneio. Agora são apenas 20 vitórias que separam o melhor do mundo das quadras de igualar o suíço Roger Federer, recordista em conquistas mundiais, com 6.

A edição deste ano do ATP Finals está sendo disputada na Itália, reúne os oito melhores tenistas de simple na temporada e, mais bem classificados no ranking mundial, ocorre anualmente. Contudo, o formato de competição é diferente dos demais circuitos tenistas competitivos, podendo ser disputado em dois grupos de quatro duplas cada.

Brasileiro perde no modo duplas em Turim

Em contraste a boa vitória de Djokovic, todavia, o brasileiro Bruno Soares acabou sendo derrotado em sua estreia no ATP Finals, na tarde desta segunda-feira. O britânico Joe Salisbury e Rajeev Ram levaram a melhor sobre o mineiro e o britânico Jamie Murray no modo de duplas. Foi à risca, mas com grandes jogadas no game, que Joe triunfou sobre Soares e Murray.  Mesmo com a derrota, a dupla segue com chances de classificação no prestigiado torneio.

“Jogamos super bem, num altíssimo nível de tênis, mas infelizmente os caras também jogaram bem. Teve um game ali em que tivemos uma boa chance para quebrar e o Salisbury fez grandes jogadas para salvar o break point. Foi no detalhe, um ponto para cá e um ponto para lá que decidiu o segundo set” conta Bruno.

Soares e Murray ainda vão enfrentar no grupo os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut e os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah.