2º dia de Julgamento de Daniel Alves tem depoimento de Joana Sanz; cerca de 20 pessoas serão ouvidas

Julgamento em Barcelona prossegue com Joana Sanz como testemunha-chave

© Getty Images

O segundo dia do julgamento de Daniel Alves, o renomado jogador brasileiro acusado de estupro em uma boate de Barcelona em 2022, está marcado para esta terça-feira (6), às 15h, horário local, ou 11h em Brasília. A expectativa é que cerca de 20 pessoas prestem seus depoimentos, trazendo mais detalhes sobre a noite do incidente.

Entre as testemunhas cruciais, destaca-se a presença de Joana Sanz, esposa de Daniel Alves, convocada pela defesa. Seu depoimento é aguardado com expectativa, pois ela deve respaldar a versão do jogador, alegando que a relação sexual com a jovem foi consensual. A modelo também afirmará que, naquela noite, o acusado chegou em casa embriagado, conforme informações do jornal espanhol La Vanguardia.

Chef Bruno Brasil e outros depoentes

Além de Joana Sanz, o chef Bruno Brasil, amigo que acompanhava Daniel Alves na noite do crime, também prestará depoimento. Outros três amigos próximos do jogador, dois seguranças e o diretor da boate Sutton serão ouvidos, proporcionando uma visão abrangente dos acontecimentos naquela fatídica noite.

Um amigo da prima da vítima, a quem ela recorreu na noite do ocorrido, e doze policiais que participaram do caso trarão perspectivas adicionais ao julgamento. A diversidade de depoentes promete uma análise profunda e abrangente dos eventos, possibilitando uma visão mais clara dos fatos em torno do caso.

Ausência de depoimento da mãe da vítima

Curiosamente, o depoimento da mãe da vítima foi dispensado, criando um foco intenso nas demais testemunhas convocadas. Essa decisão estratégica pode impactar a dinâmica do julgamento e as estratégias de ambas as partes envolvidas.

A versão de Daniel Alves, afirmando que estava sob efeito de álcool na noite do incidente, será confrontada durante o julgamento. A defesa busca comprovar que a relação foi consensual, enquanto a acusação procura evidências que sustentem a alegação de estupro.

Aguardando a sentença

Mesmo com a conclusão do segundo dia de julgamento, ainda não há uma data definida para a divulgação da sentença. A expectativa em torno do desfecho deste caso de grande repercussão internacional permanece alta, enquanto a justiça busca esclarecer os fatos e tomar uma decisão baseada nas evidências apresentadas durante o julgamento.

O desenrolar do julgamento de Daniel Alves continua a capturar a atenção pública. Permaneceremos atentos aos desenvolvimentos futuros, proporcionando atualizações conforme o caso avança, e mantendo o público informado sobre as nuances deste processo judicial que envolve uma figura pública de destaque no cenário esportivo internacional.