Glorioso pouco produziu contra o Timão, que dominou as ações da partida e venceu

Em duelo válido pela 20ª rodada, a primeira do segundo turno do Brasileirão, o Corinthians superou o Botafogo por 1 a 0 na Neo Química Arena. Gustavo Mosquito, no primeiro tempo, fez o único gol da partida.

Com o resultado, o Timão chega aos 38 pontos e permanece com a mesma distância para o líder Palmeiras, que superou o Ceará na Arena Castelão. O Glorioso estaciona nos 24 pontos, permanecendo na 11ª posição.

PROBLEMAS PARA O BOTAFOGO LOGO CEDO
A partida começou muito estudada pelas duas equipes. O Corinthians controlava a posse de bola, mas tinha dificuldades em passar pela forte marcação do Botafogo, que buscava cruzamento visando Erison.

Aos 12 minutos, Marçal se chocou com Gustavo Mosquito e levou a pior. O lateral ficou caiu no gramado e o técnico Luís Castro colocou Hugo na vaga do recém-contratado.

TIMÃO PRESSIONA
Aos 19 minutos, após Balbuena desarmar Jeffinho, o Timão partiu em contra-ataque. Mosquito driblou Hugo e achou Róger Guedes na área. O camisa 9 tocou de primeira para Fausto Vera, que invadiu a área pela direita e chutou forte, mas ao lado do gol de Gatito.

A resposta do Glorioso veio aos 22 minutos. Lucas Fernandes recebeu na entrada da área e chutou com força, mas Cássio fez boa defesa.

GOLAÇO DE MOSQUITO
O time da casa vinha criando as melhores oportunidades e abriu o placar aos 26 minutos, com Gustavo Mosquito. Roni antecipou um lançamento da equipe carioca no campo de ataque. A bola parou com Mosquito, que fez fila pela direita, passando por três marcadores. O atacante ajeitou para a perna esquerdo e chutou com efeito, no canto de Gatito, inaugurando o marcador.

No final do primeiro tempo, foi a vez de Róger Guedes desperdiçar chance de colocar dois gols de vantagem. Novamente pelo lado esquerdo da defesa do Botafogo, Rafael Ramos cruzou na medida para Róger Guedes. O camisa 9 errou o cabeceio e mandou para fora.

TIMÃO EMPILHA CHANCES PERDIDAS APÓS O INTERVALO
O Botafogo adiantou suas linhas nos minutos iniciais da segunda etapa, enquanto o Corinthians seguia controlando a posse de bola.  Aos 8 minutos, Mosquito fez outra boa jogada no lado esquerdo da defesa carioca e finalizou com força, no canto de Gatito. O goleiro fez a defesa e mandou para escanteio.

Pouco depois, Róger Guedes recebeu na esquerda, chutou travado na defesa, e a bola sobrou livre para Fausto. O volante pegou de primeira, mas errou o alvo. Dois minutos depois, Rafael Ramos achou Mosquito, que invadiu a área e chutou para fora.

BOTAFOGO SEM RESPOSTAS NOS MINUTOS FINAIS
Após a metade do segundo tempo, o Timão recuou suas linhas de marcação e passou a explorar o contra-ataque, enquanto o Glorioso trocava passes no campo de ataque, mas seguia com dificuldades na criação de jogadas.

Aos 29, Willian foi lançado pela esquerdo. O camisa 10 rolou na entrada da área para Fausto, que se enrolou no domínio, puxou para a perna esquerda e mandou para fora. No lance seguinte, Yuri Alberto levantou a perna na reposição de Gatito, e a bola quase entrou.

Nos minutos finais, o Glorioso se lançou ao ataque em busca do empate, e Matheus Nascimento quase igualou o jogo aos 47. O atacante recebeu cruzamento de Lucas Fernandes pela direita, entre os zagueiros corintianos, e mandou cabeçada em direção ao gol, mas Cássio se antecipou e fez grande defesa para sacramentar o resultado.

SEQUÊNCIA
No próximo sábado, às 16h30, os comandados de Luís Castro recebem o Vozão no Nilton Santos. Mais tarde, às 19h, a equipe de Vítor Pereira viaja para Florianópolis, onde enfrenta o Avaí. Na terça-feira, o Corinthians recebe o Flamengo pelo jogo de ida das quartas de final da Libertadores.

CORINTHIANS 1 X 0 BOTAFOGO
CAMPEONATO BRASILEIRO – 20ª RODADA
Local:
 Neo Química Arena, São Paulo (SP)
Data e hora: 30 de julho de 2022, às 19h
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi e Lucio Beiersdorf Flor (RS)
Árbitro de vídeo: Daniel Nobre Bins (RS)
Público/renda: 42.792 / R$ 2.860.163,50
Cartões amarelos: –
Cartões vermelhos: –
Gol: Gustavo Mosquito (26’/1ºT) (1-0)

CORINTHIANS
Cássio; Rafael Ramos, Bruno Méndez, Balbuena e Fábio Santos; Roni (Maycon, 30/2ºT) Fausto Vera e Giuliano (Du Queiroz, 16/2ºT); Gustavo Mosquito (Adson, 22/2ºT); Róger Guedes (Yuri Alberto, 16/2ºT) e Giovane (Willian, 16/2ºT)
Técnico: Vítor Pereira

BOTAFOGO
Gatito Fernández; Daniel Borges, Lucas Mezenga, Philipe Sampaio e Fernando Marçal (Hugo, 12/1ºT); Tchê Tchê, Patrick de Paula (Luís Henrique, 11/2ºT) e Lucas Fernandes; Lucas Piazon (Matheus Nascimento, 30/2ºT), Erison, Jeffinho (Vinícius Lopes, 30/2ºT)
Técnico: Luís Castro.

Fonte: LANCE