Rubro-negro atropela o time gaúcho por 4 a 0, com dois do atacante, Everton Ribeiro e Lázaro, pela Série A

Pedro, do Flamengo, comemora seu gol contra o Juventude no estádio Mané Garrincha pela Série A Foto: MATEUS BONOMI/AGIF

Brasília – Com dois gols de Pedro, e na estreia de Everton Cebolinha, o Flamengo venceu o Juventude por 4 a 0, nesta quarta-feira (20), no Mané Garrincha, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O camisa 21 já marcou sete vezes sob o comando do treinador Dorival Júnior. O terceiro e o quarto foram marcados por Everton Ribeiro e Lázaro, respectivamente.

Com 27 pontos na sétima colocação, o Flamengo vira a chave para enfrentar o Avaí, às 11h, na Ressacada, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, no próximo domingo (24). O Rubro-negro pode voltar a se aproximar do G-4 na tabela da Série A.

O início da partida foi eletrizante. Antes dos 20 minutos do primeiro tempo, o Flamengo fez três gols e não deu chance para o Juventude criar alguma jogada. Aos cinco minutos, o Rubro-negro iniciou uma boa troca de passes que terminou com Arrascaeta cruzando pela direita para o atacante Pedro. Dentro da área, o camisa 21 subiu mais alto que a defesa do time gaúcho e abriu o placar de cabeça.

Pouco tempo depois, aos doze minutos, Pedro fez o segundo gol. Na ocasião, o Flamengo fez triangulação entre Rodinei e Everton Ribeiro na direita. Em seguida, o camisa 7 carregou até a entrada da área, cruzou na medida e o jovem atacante cabeceou novamente para ampliar o placar.

Minutos depois, aos 17 minutos, o Flamengo não ficou satisfeito. No lance, o Rubro-negro fez mais uma boa jogada pela direita, onde Gabigol recebeu, puxou para perna esquerda e cruzou na medida para Everton Ribeiro cabecear e fazer o terceiro gol da equipe carioca.

No retorno para o segundo tempo, o Flamengo promoveu a estreia de Everton Cebolinha no lugar de Pedro. O atacante tentou entrar no ritmo alucinante da partida, mas pecou em algumas jogadas. Entretanto, mesmo com a falta de entrosamento, fez assistência para o quarto gol do Rubro-negro, que foi marcado por Lázaro. No lance, O camisa 19 cruzou pela esquerda, a joia da base rubro-negra cabeceou a bola, que desviou no travessão e entrou.

Na reta final da partida, o Flamengo administrou o placar, apesar de ter tido boas chances para ampliar. O Juventude, por sua vez, ficou no zero, não ameaçou a área da equipe carioca e tentou se defender do Rubro-negro até o fim do jogo. Com mais de 65 mil torcedores presentes no Mané Garrincha, o time de Dorival Júnior construiu um bom resultado para poder se aproximar do G-4 na próxima rodada.