O Palmeiras conquistou mais uma importante vitória no Campeonato Brasileiro. Recebendo o Internacional neste sábado, no Allianz Parque, pela última rodada do primeiro turno da competição, a equipe comandada por Abel Ferreira fez valer o “fator casa” e saiu de campo com o triunfo por 2 a 1, graças aos gols de Gustavo Gómez e Gabriel Menino. Alemão descontou para o Colorado.

Com o resultado, o Palmeiras foi a 39 pontos e agora torcerá por um empate entre Corinthians e Atlético-MG para ampliar sua vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro de quatro para cinco pontos, já que o Fluminense venceu o Red Bull Bragantino, foi a 34 tentos e assumiu a segunda colocação.

O Internacional, por sua vez, deixou o G6 do Campeonato Brasileiro, grupo que garante vaga na próxima Copa Libertadores, caindo para a sétima colocação.

Foto: Fabio Menotti/Palmeiras

O jogo

O Palmeiras teve amplo domínio do primeiro tempo. Logo aos três minutos os donos da casa chegaram com perigo pela primeira vez. Scarpa fez um longo lançamento para Dudu, que recebeu livre pela esquerda, foi para cima de Mercado e bateu cruzado, tirando tinta da trave.

Aos 17, o ídolo palmeirense foi um pouco mais feliz. Dudu fez bonita jogada individual dentro da área, se livrando da marcação, chegando à linha de fundo e cruzando rasteiro para Gustavo Gómez completar de primeira e abrir o placar para o Verdão.

O caminho da vitória do Palmeiras parecia ser pela esquerda do campo de ataque, com Dudu. O camisa 7 recebeu outro bom lançamento aos 35 minutos, saindo em velocidade e, ao ficar mano a mano com o zagueiro Vitor, finalizou mais uma vez cruzado, porém, novamente a bola foi para fora.

Pouco antes do intervalo, o Palmeiras ainda chegou a marcar o segundo gol após Scarpa soltar a bomba em cobrança de falta e ver Murilo aproveitar o rebote do goleiro para estufar as redes de primeira, mas, após revisão do VAR, o árbitro marcou um questionável impedimento do zagueiro alviverde.

Segundo tempo

O início do segundo tempo foi marcado por uma melhora do Internacional, que logo aos dez minutos levou perigo. Pedro Henrique recebeu enfiada de bola, invadiu a área, e, cara a cara com Weverton, bateu para o gol. A bola desviou na zaga e encobriu o goleiro palmeirense, mas Murilo afastou o perigo em cima da linha. A jogada, no entanto, foi anulada por impedimento do atacante colorado.

Pouco depois Pedro Henrique roubou a bola de Danilo já no campo de ataque, tocou para alemão, que conduziu até a entrada da área e deu passe açucarado para Maurício, que saiu cara a cara com Weverton e bateu firme, mas o goleiro palmeirense, bem posicionado, fez a defesa para salvar o Palmeiras.

Pelo lado do Verdão, Dudu continuava sendo o nome do jogo. Respondendo as investidas do Inter, o camisa 7 recebeu de Flaco López, matou no peito e bateu colocado da entrada da área, exigindo grande defesa de Daniel.

Mais tarde Scarpa bateu escanteio no primeiro pau, e Zé Rafael cabeceou à queima-roupa, exigindo outra boa intervenção de Daniel. No rebote, a bola ainda tocou no travessão antes de a defesa do Inter jogar para fora. Em novo escanteio, nova cabeçada de Zé Rafael, que desta vez carimbou o travessão, levando a torcida á loucura no Allianz Parque.

Mas, na reta final do jogo, o Inter voltou a agredir o Palmeiras e acabou chegando ao empate. Aos 31, Alemão arriscou de fora da área e carimbou a trave. Pouco depois, entretanto, o atacante colorado recebeu de Edenilson e decidiu arriscar mais uma vez, mandando no ângulo de Weverton, que se esticou todo, mas não evitou o gol colorado.

Só que o Verdão foi persistente e acabou premiado nos instantes finais do jogo, quando Vanderlan cruzou para Gabriel Menino pegar de primeira, estufar as redes e garantir a emocionante vitória dos donos da casa no Allianz Parque.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 2 X 1 INTERNACIONAL

Local: Allianz Parque, em São Paulo, SP

Data: 24 de julho de 2022 (domingo)

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (FIFA-RJ)

Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (FIFA-GO) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)

VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)

Gols: Gustavo Gómez, aos 17 do 1ºT, Gabriel Menino, aos 43 do 2ºT (Palmeiras); Alemão, aos 36 do 2ºT (Internacional)

Cartões amarelos: Gabriel, Mano Menezes (Inter)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Vanderlan; Danilo (Luan), Zé Rafael e Raphael Veiga (Gabriel Menino); Gustavo Scarpa (Scarpa), Dudu (Wesley) e Flaco López (Merentiel).

Técnico: Abel Ferreira

INTERNACIONAL: Daniel; Mercado, Vitão, Kaique e Thauan Lara; Gabriel (Maurício), Edenilson, Carlos de Pena (Lucas Ramos), Johnny Pedro Henrique (David) e Wanderson (Alemão).

Técnico: Mano Menezes