Para você que é microempresário, microempreendedores individuais (MEI) ou autônomos com firma aberta (PJ), saiba que você pode comprar um carro 0 km com descontos para sua empresa.

 

Pois bem, além das vendas diretas para as pessoas com deficiências (PCD), e também os descontos para os produtores rurais, as montadoras também concedem  descontos e várias opções de pagamento para aqueles que desejam comprar usando o CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica). Como já dissemos acima esses benefícios são para:

 

  • microempresários;
  • microempreendedores individuais (MEI);
  • autônomos com firma aberta.

 

O melhor de tudo é que você consegue comprar carros com descontos por meio do CNPJ em quase todas as montadoras.

 

Esse desconto é de uma forma diferente das isenções do público PCD, onde são estabelecidos os valores dos impostos de IPI e ICMS. 

 

Lembrando que toda fabricante tem seu próprio desconto de ICMS, então pode variar de marca para marca e de acordo com o modelo, além da quantidade de veículos encomendada pela pessoa jurídica. 

 

Em geral, os melhores modelos aparecem para os carros de trabalho como as pick-ups compactas e furgões. Esses descontos podem sofrer alterações anualmente, podendo variar entre 2,5% a 30% do valor do carro desejado. 

 

Caso você esteja pensando em comprar um seminovo em Florianópolis, por exemplo, saiba que essa regra não se aplica aos carros usados ou seminovos.

 

Como conseguir comprar um veículo com desconto?

Para que a empresa consiga realizar a compra do carro pelo CNPJ,  precisará apresentar o contrato social da empresa e a Inscrição Estadual vigente, de acordo com a maioria das concessionárias.

 

Porém, as montadoras também podem fazer a exigência de outros documentos  como o e-CNPJ (versão eletrônica do CNPJ), por exemplo.

 

Mas existem algumas regras que os interessados devem saber. No caso do MEI, seu faturamento anual deve ser de R$81 mil. Sendo assim, caso ele compre um carro com um valor muito alto, ou mais de um veículo, provavelmente será fiscalizado e questionado para saber o motivo da compra. 

 

Veja as condições

Essa é uma das dúvidas mais frequentes dos interessados, e que são bem semelhantes às condições de uma compra na concessionária. 

 

Vale lembrar que o carro ficará em nome da empresa. Logo, se não houver pagamento dos impostos devidos, a empresa poderá sofrer riscos como a negativa de empréstimos, por exemplo.

 

Outra coisa muito importante que deve ser ressaltada é que se a empresa tiver dívidas tributárias, sejam elas federais ou estaduais, o veículo pode ser penhorado como forma de pagamento da dívida. 

 

E por fim, porém não menos importante, esse desconto vale apenas para os carros novos, ou seja, zero-quilômetro. 

 

A introdução de opcionais de carros pode sair bem mais barato também, visto que o carro comprado com CNPJ é faturado diretamente na montadora sem os ganhos da concessionária. 

 

Saiba as desvantagens de comprar um carro pelo CNPJ

Sabemos que nem tudo é perfeito, e nesse caso também existem algumas desvantagens. Uma delas é o prazo maior para a entrega do veículo na compra direta, onde é acomodado conforme a demanda da montadora. 

 

Em períodos normais esse prazo pode chegar de 10 a 40 dias, mas já houve relatos que durante a pandemia da Covid-19 aconteceu casos em que a entrega se deu com 120 dias.

 

Além do mais, o pós-venda também deve ser considerado, pois o mesmo deve sofrer variações de acordo com a marca do carro e o desconto concedido, além de que algumas empresas diminuem o tempo de garantia.

 

No entanto, as concessionárias oferecem a garantia estendida, tendo em vista que esse carro vai rodar mais do que os carros de passeio, acarretando mais danos, e muitas vezes o cliente acaba aceitando por ser uma opção vantajosa. Isso acaba levando algumas montadoras a obterem um ganho em cima do consumidor. 

 

E por último, um ponto muito importante, é que essa compra de veículo usando o CNPJ não se trata de um negócio e você também não pode fazer dele um. 

 

Por essa razão, existe um prazo para que o consumidor fique com o carro para depois poder vendê-lo. Isso é necessário para que o cliente não compre o carro nessas condições e depois venha a repassá-lo para outras pessoas – isso pode ser configurado crime. 

 

Conforme a nova regra do Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) é necessário manter o carro no nome da empresa por um prazo mínimo de 12 meses.

 

Veja quais são as doenças e deficiências que dão descontos na hora de comprar um carro

Sabemos que pessoas com algum tipo de doença ou deficiência podem ter descontos na hora de conseguir comprar o seu carro novo. Mas, você sabe ao certo quais são elas?

 

Se não, fizemos uma lista para você ficar a par de todas elas. Confira abaixo: 

 

  • alguns tipos de câncer;
  • amputações;
  • artrite;
  • artrodese (com sequelas);
  • artrose;
  • autismo;
  • AVC;
  • AVE (Acidente Vascular Encefálico);
  • bursite e tendinite graves;
  • cegueira.

 

Essas são apenas algumas, mas são cerca de 50 doenças e deficiências que podem conseguir os descontos na compra de um veículo.