Share

Estudiantes vence Goiás de novo e enfrenta o Corinthians na Sul-Americana

Benedetti e Rollheiser marcaram os tentos do novo triunfo argentino

Benedetti abriu a contagem para o Estudiantes (Divulgação/Conmebol)

O Estudiantes, de maneira impositiva, está nas quartas de final da Sul-Americana. No enfrentamento decisivo contra o Goiás, nesta quarta-feira (9), a equipe de La Plata venceu novamente, dessa vez por 2 a 0, e construiu o agregado de 5 a 0 na eliminatória. Assim, o time argentino se qualificou para enfrentar outra equipe brasileira, o Corinthians.

BALDE DE ÁGUA FRIA

Empurrado pelo apoio da torcida em busca da missão um tanto quanto inglória, o Goiás tentava ser dominante no confronto e, se não conseguia um volume de oportunidades para criar problemas ao goleiro Mariano Andújar, mantinha a representação argentina longe de sua meta.



Porém, o Estudiantes precisou apenas de uma chance onde a zaga do Esmeraldino errou na saída de bola para Gastón Benedetti, de fora da área, mandar um verdadeiro petardo no extremo canto esquerdo de Tadeu. Ficando, desta forma, com a larga vantagem de 4 a 0 no placar agregado.

JOGO ANIMADO

Apesar da eliminatória em si ter ficado ainda mais próxima do lado argentino, o ambiente da partida não deixou que o confronto entrasse em clima mais morno, pelo contrário.

A necessidade goiana levou o time dirigido por Armando Evangelista a seguir com postura adiantada, subindo suas linhas de marcação e esbarrando apenas na dificuldade de pontaria para converter as chegadas no ataque em momentos de real perigo. Diante disso, a melhor chance veio na bola parada onde Guilherme, em cobrança de falta com a perna esquerda, carimbou o travessão em lance onde Andújar já estava ‘vendido’.

Por outro lado, além de se concentrar em fechar os espaços e administrar a dianteira, o Pincharrata tinha a clara ideia de avançar com transições rápidas de contra-ataque, formulando sua oportunidade mais clara quando o cruzamento para Mauro Méndez foi cabeceado pelo centroavante e Tadeu se esticou todo para espalmar.

QUE MIRA É ESSA!

Da mesma forma que tinha ocorrido na etapa inicial, a chance de finalizar na média distância, com relativo espaço e aos quatro minutos foi aproveitada de maneira precisa.

Após a retomada no plano ofensivo, Benjamín Rollheiser ajeitou o corpo na ponta direita e, aproveitando a posição, mandou no ângulo oposto de Tadeu que até pulou, mas não conseguindo evitar uma verdadeira pintura no Serra Dourada que serviu, apenas, para ratificar a vaga do Estudiantes na etapa seguinte da Sul-Americana.

PROTOCOLAR

Tanto pelo aspecto matemático como psicológico, o segundo tento do Estudiantes tornou o restante do confronto uma espécie de questão protocolar, já que o Goiás se mostrou profundamente abatido enquanto a equipe argentina somente preenchia espaços e tinha ainda mais controle da situação até o apito derradeiro do árbitro boliviano Gery Vargas.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS x ESTUDIANTES – Sul-Americana – Oitavas de final

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data e horário: 9 de agosto de 2023, às 19h (de Brasília)

Árbitro: Gery Vargas (BOL)

Assistentes: José Antelo (BOL) e Edwar Saavedra (BOL)

VAR: Carlos Orbe (EQU)

Cartões amarelos: Allano, Apodi, Guilherme, João Magno, Maguinho (GOI); Benjamín Rollheiser, Fernando Zuqui, Gastón Benedetti, Nicolás Fernández, (EST)

Gols: Gastón Benedetti (4’/1°T) (0-1); Benjamín Rollheiser (4’/2°T) (0-2)

GOIÁS

Tadeu; Maguinho (Apodi, aos 24’/2°T), Lucas Halter (Edu, aos 16’/2°T), Bruno Melo e Hugo; Higor Meritão, Luis Oyama e Guilherme (Morelli, aos 10’/2°T); Allano (Alesson, aos 11’/2°T), João Magno (Diego Gonçalves, aos 24’/2°T) e Vinicius. Técnico: Armando Evangelista.

ESTUDIANTES

Mariano Andújar; Leonardo Godoy, Santiago Nuñez (Eros Mancuso, no intervalo), Luciano Lollo e Gastón Benedetti; Jorge Rodríguez, Santiago Ascacíbar, Benjamín Rollheiser (Verón, aos 14’/2°T), Nicolás Fernández (Juan Guasone, no intervalo) e Fernando Zuqui (José Sosa, aos 35’/2°T); Mauro Méndez (Martiniano Moreno, aos 15’/2°T). Técnico: Eduardo Domínguez.

Uma pessoa apaixonada por esportes, praias e pela leitura de clássicos literários como "Dom Casmurro", além de obras contemporâneas como "O Código Da Vinci" e explorando questões fascinantes sobre a "Origem da Vida", sempre buscando cativar as pessoas.

Google Search Nitro News Brasil