Centro de Umbanda Caboclo Taperoá comemorou seus 29 anos com Missa Ecumênica na Igreja Rosário dos Pretos em Salvador

Uma noite repleta de espiritualidade e celebração marcou os 29 anos do Centro de Umbanda Caboclo Taperoá, celebrados na histórica Igreja Rosário dos Pretos, localizada no Pelourinho, em Salvador. A igreja, tradicionalmente católica, foi o palco de um encontro ecumênico, reunindo adeptos católicos, candomblecistas e umbandistas em uma celebração única.

Com a igreja lotada, a noite foi permeada por alegria, gratidão e celebração. O sermão, conduzido pelo querido e respeitado Pe. Lázaro, convidou os presentes a refletirem sobre a importância da fé, associada ao tempo do recebimento da graça.

Os filhos da casa, vestidos de branco e amarelo, simbolizando a mãe espiritual do terreiro Caboclo Taperoá, Oxum, desempenharam um papel fundamental na celebração. A atmosfera estava impregnada de simbolismos, representando a conexão profunda com a espiritualidade e os valores da Umbanda.

Pai Fábio D’Oxum, líder espiritual à frente desta jornada de 29 anos, expressou sua gratidão pela trajetória de evolução, caridade e edificação do terreiro. Ele destacou o papel significativo que Caboclo Taperoá desempenha na vida daqueles que trilham o caminho da Umbanda, ressaltando a importância da espiritualidade e do serviço social.

A celebração não apenas marcou o aniversário do Centro de Umbanda Caboclo Taperoá, mas também ressaltou a capacidade da espiritualidade em unir diferentes tradições religiosas em um ambiente de respeito e harmonia.

Ao final da celebração, ficou evidente que o Centro de Umbanda Caboclo Taperoá não é apenas um terreiro, mas uma fonte de luz e inspiração para todos aqueles que buscam o encontro com o sagrado e a construção de uma comunidade baseada nos valores da fé, amor e solidariedade.

A jornada espiritual e social continua, guiada pela luz de Caboclo Taperoá.

 

Google Search Nitro News Brasil