Share

Primeira-Dama Janja Evitou que Lula Assinasse GLO e Entregasse Poder aos Militares

Como a Primeira-Dama Janja Evitou que Lula Assinasse GLO e Entregasse Poder aos Militares

Foto: Site do PT

No fatídico 8 de Janeiro de 2023, a primeira-dama Rosângela da Silva, conhecida como Janja, desempenhou um papel crucial ao impedir que a democracia brasileira caísse nas mãos de setores militares ávidos por assumir o controle do país. O presidente Lula, em entrevista ao documentário “8/1: A Democracia Resiste” da GloboNews, revelou a influência decisiva da socióloga na resistência contra a decretação de uma Garantia da Lei e da Ordem (GLO).

Segundo o relato do presidente, Janja foi a primeira a alertá-lo sobre os perigos de conceder autoridade para a GLO, argumentando que isso poderia abrir caminho para uma facção militar que buscava romper com os princípios democráticos. Lula ressaltou que seguir o conselho de Janja significaria entregar o poder aos militares, uma perspectiva que ele considerou inaceitável.



Apesar de acatar o alerta da primeira-dama, Lula enfrentou forte resistência entre os integrantes da Defesa, incluindo o ministro José Múcio Monteiro, que pressionou pelo decreto da GLO. Em um momento de tensão, Lula relatou ter reafirmado sua posição com veemência, destacando que não permitiria a implementação da GLO. Vale lembrar que a GLO, prevista no artigo 142 da Constituição Federal, confere às Forças Armadas o poder de polícia em situações graves de perturbação da ordem.

Antes do aniversário do incidente, Lula já havia explicado publicamente os motivos pelos quais optou por não decretar a GLO. Em uma declaração anterior, o presidente destacou a disputa de poder como argumento central, apoiando-se nas palavras da primeira-dama Janja em 8 de Janeiro. Afirmou que não iria recorrer à GLO, enfatizando a importância das eleições como meio legítimo para conquistar o poder, um posicionamento alinhado com os princípios democráticos.

O episódio revela não apenas a sabedoria estratégica de Janja, mas também a resistência firme do presidente Lula em preservar os fundamentos democráticos do país. A atuação da primeira-dama nesse contexto crítico demonstra a importância de líderes conscientes e comprometidos com a estabilidade institucional. A resistência contra tentativas de golpe reforça a necessidade de preservar os valores democráticos e garantir que o poder seja conquistado de maneira legítima, como enfatizado por Lula e Janja.

Resumo para o Google Discover: Descubra como Janja, a primeira-dama, desempenhou um papel vital ao evitar que Lula assinasse a GLO em 8 de Janeiro, protegendo a democracia brasileira. Conheça os bastidores dessa resistência estratégica contra tentativas de golpe militar.

Uma pessoa apaixonada por esportes, praias e pela leitura de clássicos literários como "Dom Casmurro", além de obras contemporâneas como "O Código Da Vinci" e explorando questões fascinantes sobre a "Origem da Vida", sempre buscando cativar as pessoas.

Google Search Nitro News Brasil