Gols da equipe paulista saíram no segundo tempo, com Jobson e Kaio Jorge

OSantos fez sua estreia na edição 2020 da Copa Libertadores e levou os três pontos para casa. Após um primeiro tempo irregular, os comandados de Jesualdo Ferreira acordaram no segundo tempo e, com gols de Jobson e do garoto Kaio Jorge, venceram os argentinos do Defensa y Justicia por 2 x 1 em Buenos Aires, na noite desta terça-feira (03/03).

Com o resultado, o Santos assume a ponta do grupo G, que ainda conta com Delfín e Olimpia — as equipes se enfrentam nesta quarta.

Pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores, o Santos enfrenta o Delfín, na Vila Belmiro, na terça (10/03), às 19h15.

O jogo
O primeiro tempo começou bastante movimentado, com ambas as equipes se mexendo para encontrar os espaços. Apesar disso, a primeira chance de perigo só saiu aos 15 minutos, quando Botta, do Defensa y Justicia cobrou falta por cima do gol.

Apesar da resposta em sequência de Sánchez, foi o time argentino que, aos poucos, foi tomando controle do jogo e levando mais perigo à meta de Everson.

A pressão, no entanto, só deu resultado aos 45 minutos. Após cobrança de escanteio para a área, Rodríguez ganhou de Luan Peres e cabeceou forte. Everson chegou a desviar, mas não impediu o gol.

2º tempo
Na volta para a etapa complementar, o Defensa y Justicia foi diminuindo o ritmo, esperando criar alguma oportunidade a partir de um contra-ataque adversário. No entanto, o Santos apresentou dificuldades para criar.

A partir de um cruzamento, no entanto, o ataque santista finalmente conseguiu furar a defesa argentina. Aos 26 minutos, Soteldo recebeu belo passe de Pituca pela esquerda e cruzou. Jobson apareceu na área e desviou de cabeça para empatar o duelo.

Aos 39 minutos, veio a virada. A jogada começou com Soteldo brigando pela bola no meio. Kaio Jorge apareceu na sobra, disparou e bateu na entrada da área. O goleiro Unsain desviou, mas não conseguiu evitar o gol santista.

Fonte: Metrópoles