Uma das promessas do Palmeiras, o zagueiro Michel de 19 anos, está sendo acusado de agredir a própria esposa

De acordo com um post feito pelo perfil Gossip do Dia, no Instagram, a vítima em questão relatou que foi agredida por seu companheiro em diversas ocasiões.

Após postagens de sites de notícias, o caso acabou se espalhando pelas redes sociais.

A mulher está grávida de seis meses e teria feito um boletim de ocorrência contra o jogador palmeirense.

Agressões ocorriam diversas vezes

Segundo a colunista Fábia Oliveira, no documento, a mulher afirmou ter sido agredida diversas vezes por Michael.

De acordo com as informações de Fábia, o jogador começou a agredir a companheira por não aceitar sua gravidez.

Em uma das várias agressões, o jogador teria chutado a barriga da mulher, que precisou ser socorrida urgentemente para não perder a criança.

Fábia Oliveira, colunista da página Em Off, do portal IG, teve acesso a um Boletim de Ocorrência feito por Aritiane. No documento, a jovem relata ter sofrido diversas agressões enquanto morava com o atleta em um apartamento no bairro da Água Branca, na zona oeste de São Paulo.

Ambos estavam juntos há quase um ano. Aritiane revela que sofreu as agressões também durante a gravidez, precisando até mesmo ir às pressas a um hospital com risco de aborto. A mulher também acusa Michel de traição durante o relacionamento. Os casos de violência teriam se iniciado após o zagueiro não aceitar mais a gravidez.

A coluna informa que ainda que a grávida tem uma medida protetiva contra o atleta por conta de ameaças de morte. Com isso, Michel está proibido de se aproximar de Aritiane.

O que diz o zagueiro?

Por meio de suas redes sociais, Michel emitiu um comunicado oficial e se defendeu das acusações. Nas palavras do zagueiro do time sub-20 do Palmeiras, as acusações são falsas e o próprio Michel registrou um B.O. contra Aritiane após ter a residência destruída em um suposto acesso de raiva da ex-namorada.

“Em virtude do que tem sido divulgado em alguns veículos de comunicação, decidi me manifestar para prestar alguns esclarecimentos do caso que estou envolvido. Iniciei um relacionamento com a Aritiane e depois de um ano terminamos. Após o término, a minha ex-namorada não aceitou e começou um processo de me chantagear, pedindo dinheiro, compra de apartamento e outros itens de valor.

Time é líder do Brasileirão com 42 pontos e encara o Goiás, no dia 7, pela próxima rodada

Diante da minha negativa, ela começou a ameaçar de diversas formas, inclusive de levar à imprensa notícias que não condizem com a realidade. A mãe dela sabe disso, quando me disse que iria procurar a imprensa dizendo “contar que ela havia sido vítima de violência doméstica” se eu não reatasse o relacionamento com a filha dela.

Em um dia fui atuar num jogo, e quando voltei, meu apartamento estava todo revirado, destruído, com minhas roupas cortadas, já que a deixei ficar no local, sem nenhum problema. Os pais dela estavam presentes e me disseram que ela estava fora de si, descontrolada. Tenho fotos disso e o boletim de ocorrência do ocorrido.

Depois disso, a polícia científica esteve no meu apartamento e realizou um levantamento pericial no local. A perícia oficial constatou que não houve nenhum tipo de agressão ou lesão corporal contra minha ex-namorada. Pelo contrário, alguns objetos foram levados sem a minha permissão. Tenho vídeos que comprovam essa ação.

O caso está na justiça. Tenho registros de B.O, fotos e prints das ameaças feitas por ela, e inclusive através de pessoas utilizando números desconhecidos. Não cometi nenhuma agressão. Afinal, quem procuraria uma delegacia para registrar um boletim de ocorrência logo após ter cometido um crime de tamanha gravidade? Estou com a consciência tranquila e em paz.

A suposta vítima tem uma medida protetiva contra mim e, no entanto, continuou enviando mensagens com ameaças de me expor na mídia como tem feito. Peço a todos que não julguem antes de saber a verdade e o caso ser esclarecido.

Sempre aceitei esta gravidez, e vou tratar ela e minha filha da melhor forma possível. Não me furtarei das minhas responsabilidades de pai. Irei fornecer todo suporte financeiro, educação, presença, amor, carinho e todas as condições que forem necessárias a eles, sem nenhum tipo de problema.

Agora, cabe a mim aguardar o desfecho judicial e seguir com a consciência tranquila o desenrolar dos fatos e reestabelecimento da verdade e justiça”, finalizou.

O que diz o Palmeiras?

ESPN apurou com a assessoria de imprensa do clube paulista a respeito das acusações para com Michel. Por meio de uma nota oficial, o Palmeiras disse:

O Palmeiras tomou conhecimento da acusação contra o atleta Michel e prontamente o questionou a respeito. Ele negou as agressões e, em sua defesa, apresentou um BO registrado no início de julho contra a ex-namorada, além de prints e vídeos. O jogador pediu para não participar da partida deste sábado contra o Bahia, pelo Brasileiro Sub-20, para que a situação possa ser esclarecida. O clube segue acompanhando o caso.

Na atual temporada, Michel soma 12 partidas com a camisa do time sub-20 do Palmeiras e um gol marcado.

Sobre o autor