Russell vence o GP São Paulo de F1, e faz dobradinha com Hamilton em Interlagos

Piloto britânico de 24 anos liderou de ponta a ponta e seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, garantiu o segundo lugar em prova de recuperação espetacular no GP de São Paulo

Foi um passeio de George Russell na pista do circuito de Interlagos. O piloto britânico da Mercedes, que já havia vencido a classificatória no sábado (12/11), coroou um fim de semana perfeito ao conquistar sua primeira vitória na Fórmula 1, liderando de ponta a ponta e recebendo a bandeirada da vitória do brasileiro bicampeão do mundo Emerson Fittipaldi.

– É só o começo – declarou Russell pelo rádio, assim que cruzou a linha de chegada.

– Foi uma montanha russa de emoções aqui, foi uma corrida muito difícil, estava com muita pressão e agora estou muito feliz. Estou sem palavras, todas as memórias da minha carreira foram passando pela minha cabeça – disse o piloto em entrevista, após a bela chegada abaixo.

Foi também um belo dia para ser fã de Lewis Hamilton, o heptacampeão que, agora, ainda é cidadão brasileiro honorário. As 235 mil pessoas presentes no GP de São Paulo na tarde deste domingo (13/11) foram recompensadas com uma prova excelente do favorito das arquibancadas, que não poupou aplausos a cada passagem e ultrapassagem de Hamilton.

– Primeiro eu tenho que dar parabéns para meu companheiro de equipe George Russell, ele fez uma corrida espetacular e merece, nós trabalhamos muito para conseguir uma dobradinha. Agradeço muito a todos no Brasil, sempre tive uma recepção maravilhosa, recebo muito amor aqui – afirmou Hamilton.

Lewis Hamilton cumprimenta George Russell, companheiro de Mercedes, no pódio do GP de São Paulo — Foto: Peter Fox/Getty Images

Protagonista de uma corrida de recuperação, Hamilton largou em segundo e foi parar em oitavo após seu carro ser tocado pelo do rival Max Verstappen, da RBR, atual bicampeão da Fórmula 1, na sétima volta. Mas foi ganhando posições com toda a sua categoria, inteligência e experiência para terminar em segundo lugar, garantindo a dobradinha da Mercedes no pódio e a alegria do público, que não economizou na emoção e ainda gritou o nome de Ayrton Senna no fim.

Além da dobradinha da Mercedes, chamou a atenção a treta entre os pilotos da RBR, com Verstappen, já campeão da temporada, não cedendo o sexto lugar para seu companheiro Sergio Perez, que ficou em sétimo, conquistar mais uns pontinhos preciosos. Perez, que briga pelo vice-campeonato da temporada com Leclerc, da Ferrari, não gostou… Veja abaixo esse e outros detalhes do GP de São Paulo.

Leia matéria completa no site do GE

Fonte: GE

Uma pessoa apaixonada por esportes, praias e pela leitura de clássicos literários como "Dom Casmurro", além de obras contemporâneas como "O Código Da Vinci" e explorando questões fascinantes sobre a "Origem da Vida", sempre buscando cativar as pessoas.

Google Search Nitro News Brasil