qua. abr 17th, 2024

Al-Hilal tem revanche, bate Flamengo e avança para final do Mundial

By Clayton fev7,2023

Nesta terça-feira, 7, o Flamengo foi derrotado pelo Al-Hilal na semifinal do Mundial de Clubes, pelo placar de 3 a 2, e foi eliminado antes de chegar à final da competição

Al-Hilal vence o Flamengo na semifinal do Mundial de Clubes – Getty Images

Nesta terça-feira, 7, o Flamengo entrou em campo para enfrentar o Al-Hilal, em partida válida pela semifinal do Mundial de Clubes. As duas equipes fizeram uma reedição do confronto de 2019, que aconteceu na mesma fase da competição. Os sauditas tiveram sua revanche e venceram por 3 a 2.

Logo no início da partida, com menos de três minutos, Luciano Vietto recebeu a bola dentro da área e foi derrubado por Matheuzinho. Sem auxílio do árbitro de vídeo, o pênalti foi assinalado. Salem Al Dawsari assumiu a responsabilidade e abriu o placar para o Al-Hilal, assim como fez em 2019.



No entanto, o Flamengo reagiu rápido e, aos 20’, Matheuzinho se redimiu e deu um bom passe para Pedro, que nem precisou dominar para igualar. De primeira, o camisa 9 finalizou cruzado e marcou para os cariocas. No restante da primeira etapa, o Mengão foi ligeiramente superior aos sauditas, mas não criaram chances muito claras para tomar a frente no placar.

Até que, aos 51 minutos, Vietto caiu na área novamente. A princípio, nada foi sinalizado, mas o árbitro foi chamado para revisar o lance. No detalhe, Gerson pisou no tornozelo do adversário e foi considerado faltoso. Já amarelado por conta de uma simulação, o volante do Flamengo foi expulso e o pênalti foi assinalado. Mais uma vez, Al Dawsari cobrou e o Al-Hilal voltou a vencer. Intervalo! 2 a 1.

Voltando para a segunda etapa, Vitor Pereira fez mudanças por conta da expulsão. Sendo assim, Arrascaeta e Léo Pereira deram lugar a Pulgar e Fabrício Bruno. Mesmo com um a menos, o clube carioca retomou com mais ritmo e pressionou o adversário no campo de ataque. Porém, aos 13 minutos, a melhor chance foi criada pelo Al-Hilal, que parou com uma finalização na trave.

Aos 18 minutos, Gabigol teve sua primeira grande chance na partida, de cabeça, mas acabou desperdiçando. Até que, aos 24′, Vietto, grande destaque da partida, recebeu na grande área, fintou o adversário e finalizou com força no mesmo canto do goleiro para marcar o terceiro. O Flamengo marcou o com Pedro, aos 45′, mas não foi suficiente. Fim de jogo! 3 a 2.

Veja também: