Verstappen supera Hamilton na largada e vence na Hungria

Red Bull bateu recorde histórico da F1 e se tornou a equipe com mais vitórias consecutivas na categoria

Lewis Hamilton surpreendeu a todos ao conquistar a pole position no GP da Hungria, neste domingo, posição que não ocupava desde dezembro de 2021. A expectativa era de que o inglês pudesse superar Max Verstappen ao longo da prova e garantir a vitória. No entanto, o holandês mostrou mais uma vez sua habilidade e ultrapassou Hamilton logo na largada, mantendo o domínio da temporada e dando à equipe Red Bull o primeiro lugar no pódio, com ambos os carros.

Max Verstappen vence o GP da Hungria Foto: Attila KISBENEDEK / AFP

A corrida foi repleta de emoção e disputas acirradas. Verstappen cruzou a linha de chegada em primeiro lugar, seguido por Lando Norris, da McLaren, em segundo, e Sérgio Perez, também da Red Bull, que impressionantemente largou do nono lugar, em terceiro.

A vitória de Max Verstappen não foi apenas mais um triunfo, mas também um marco histórico na Fórmula 1. A equipe Red Bull alcançou a impressionante marca de 12 vitórias consecutivas, superando o recorde de 11 vitórias seguidas da McLaren em 1988, equipe que na época contava com grandes nomes como Ayrton Senna e Alan Proust.

O próprio Verstappen celebrou o feito da equipe e destacou os dois últimos anos incríveis da Red Bull. Com humildade, o piloto holandês expressou sua esperança em manter essa fase vitoriosa por um longo período.

No entanto, nem tudo foram flores para a equipe Mercedes. Lewis Hamilton, que parecia ter um bom ritmo após a pole position, teve que se contentar com a quarta colocação. Por outro lado, seu companheiro de equipe, George Russell, foi um dos destaques da corrida. Russell largou apenas na 18ª posição, mas mostrou sua habilidade e garra, terminando a prova em sexto lugar, atrás de Oscar Piastri, da McLaren, que chegou a brigar pelo pódio em alguns momentos da corrida.

Em contrapartida, houve decepção para Fernando Alonso, terceiro na classificação geral, que terminou a corrida apenas na nona posição, sua pior colocação no grid. A Ferrari também não teve um desempenho brilhante, com Charles Leclerc em sétimo e Carlos Sainz em oitavo. Já o aguardado retorno de Daniel Ricciardo à Fórmula 1 foi discreto, terminando na 13ª posição.

Os fãs da Fórmula 1 não terão que esperar muito para verem mais ação nas pistas. O próximo final de semana já reserva o GP de Spa-Francorchamps, na Bélgica, seguido pelo intervalo do meio do ano. As corridas retornam no dia 27 de agosto com o GP da Holanda, prometendo mais emoções e reviravoltas na disputa entre as equipes e pilotos.

Uma pessoa apaixonada por esportes, praias e pela leitura de clássicos literários como "Dom Casmurro", além de obras contemporâneas como "O Código Da Vinci" e explorando questões fascinantes sobre a "Origem da Vida", sempre buscando cativar as pessoas.

Google Search Nitro News Brasil