Charles do Bronx sofre com jogo de chão e perde para armênio no UFC 300

Tsarukyan impõe sua técnica e conquista vitória por decisão dividida, demonstrando potencial para disputar o cinturão do peso leve.

Clayton Lima Nitro News Brasil – 14 de abril de 2024 às 03h37

Charles do Bronx sentado no octógono do UFC 300 durante luta contra Arman Tsarukyan, em Las Vegas (EUA) Jeff Bottari/Getty Images

No aguardado confronto do UFC 300, Charles do Bronx enfrentou Arman Tsarukyan em uma batalha de titãs. Infelizmente para os fãs brasileiros, a noite não foi favorável para o talentoso lutador. Em uma decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28), Tsarukyan emergiu como vencedor, deixando uma marca significativa no octógono.

O embate evidenciou o domínio do jogo de chão de Tsarukyan, uma técnica que o brasileiro teve dificuldades em conter ao longo dos rounds. Esse desafio estratégico provou ser um obstáculo intransponível para Charles do Bronx, que apesar de sua habilidade notável, não conseguiu impor seu ritmo.

Desde o início, Charles do Bronx mostrou sua agressividade, conectando golpes sólidos e demonstrando sua destreza no chão. Uma guilhotina bem encaixada poderia ter mudado o rumo da luta, mas Tsarukyan escapou habilmente, frustrando as esperanças do brasileiro.

O segundo round viu uma reviravolta no controle da luta, com Tsarukyan assumindo o domínio. Seus ataques precisos e oportunos deixaram Do Bronx em uma posição defensiva, incapaz de recuperar a vantagem.

No round final, Tsarukyan continuou a exercer sua superioridade, mantendo Charles do Bronx sob controle. Apesar de um esforço final do brasileiro nos últimos segundos, a vitória escapou-lhe das mãos.

O resultado do UFC 300 trouxe uma série de emocionantes confrontos, incluindo vitórias notáveis de Alex Poatan, Zhang Weili e Max Holloway, que deixaram os fãs extasiados com performances memoráveis.

Resultados do UFC 300: Card principal

  • Alex Poatan x Jamahal Hill – pelo cinturão do meio-pesado – Poatan venceu por nocaute no 1° round
  • Zhang Weili venceu Yan Xiaonan por decisão unânime (49-45, 49-45, 49-45) – pelo cinturão do palha feminino
  • Max Holloway venceu Justin Gaethje por nocaute a 4:59 do 5º round – pelo cinturão BMF
  • Charles do Bronx foi derrotado por Arman Tsarukyan por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28) – peso leve
  • Bo Nickal venceu Cody Brundage por finalização (via mata-leão) a 3:38 do 2º round – peso médio

Card preliminar

  • Jiri Procházka venceu Aleksandar Rakic por nocaute técnico a 3:17 do 2º round – peso meio-pesado
  • Aljamain Sterling venceu Calvin Kattar por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27) – peso pena
  • Kayla Harrison venceu Holly Holm por finalização (mata-leão) a 1:47 do 2º round – peso galo feminino
  • Diego Lopes venceu Sodiq Yusuff por nocaute técnico a 1:29 do 1º round – peso pena
  • Renato Moicano venceu Jalin Turner por nocaute técnico a 4:11 do 2º round – peso leve
  • Jessica Bate-Estaca venceu Marina Rodriguez por decisão dividida (28-29, 29-28, 29-28) – peso palha feminino
  • Bobby Green venceu Jim Miller por decisão unânime (30-27, 30-25, 29-26) – peso leve
  • Deiveson Figueiredo venceu Cody Garbrandt por finalização (mata-leão) a 4:02 do 2º round – peso galo

Com essa derrota, Charles do Bronx terá que repensar sua estratégia e redobrar seus esforços para voltar ao topo da categoria. Enquanto isso, Arman Tsarukyan emerge como uma força a ser reconhecida, pronta para desafiar os melhores do peso leve.

A noite foi marcada por emoções intensas e surpresas inesperadas, provando mais uma vez porque o UFC é um dos eventos esportivos mais emocionantes do mundo.

 

Uma pessoa apaixonada por esportes, praias e pela leitura de clássicos literários como "Dom Casmurro", além de obras contemporâneas como "O Código Da Vinci" e explorando questões fascinantes sobre a "Origem da Vida", sempre buscando cativar as pessoas.

Google Search Nitro News Brasil