Share

Museu Afro Brasil, no Ibirapuera, promove feira de artes gráficas com obras de 20 artistas da periferia do país

Evento que começa neste sábado (21) faz parte das atividades da 20ª Semana Nacional de Museus de 2022. O tema ‘O Poder dos Museus’ reflete sobre a importância de reconhecer o papel dos museus na sociedade.

O Museu Afro Brasil promove neste sábado (21) a primeira feira de artes gráficas MAB – MARGENS, que reunirá 20 proeminentes artistas e coletivos da periferia do país.

A feira está atrelada às atividades da 20ª Semana Nacional de Museus de 2022, que traz o tema: O Poder dos Museus, que reflete sobre a importância de reconhecer o papel dos museus na sociedade brasileira.

Entre os artistas que estarão na exposição estão nomes como Binário Armada, Dani Rampe, Guinho Nascimento, Helo Rodrigues, May Solimar e Roni Evangelista.

Também são destaques, o Cordel Urbano e a artista Luna Bastos, que vêm respectivamente da Bahia e do Piauí, e Natali Mamani, artista boliviana.

O artista plástico Roni Evangelista, que estará na exposição do MuseuAfroBrasil, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. — Foto: Iwintolá/Divulgação

Entre os coletivos, os destaques são XiloCeasa e Editora Marginal.

A exposição também terá escritores e pesquisadores, que estarão representados pela Aziza Editora.

Neste ano, a feira tem como tema “O poder das Margens”, com o objetivo de alcançar artistas e suas respectivas produções gráficas que ficam muitas vezes à margem dos museus brasileiros, oferecendo também espaço de venda e troca de seus trabalhos.

O acesso neste sábado (21) será livre, sem necessidade de realizar inscrição, das 12h às 17h.

Na compra de qualquer obra dos artistas expositores, o público receberá também um voucher com direito a dois ingressos para entrada no MAB e concorrerá no final da feira a uma obra do artista e curador Emanoel Araujo.

Semana Nacional de Museus

 

A 20º Semana Nacional de Museus de 2022, abrange mais de 300 cidades nas cinco regiões do país com atividades acontecendo entre os dias 16 e 22 de maio.

Na capital paulista são quase 50 Institutos e Instituições na programação oficial, disponibilizada pelo Sistema Brasileiro de Museus (SBM).

“As expectativas para essa primeira edição da feira são grandes. São trabalhos diversos e originais que valorizam artistas e coletivos proeminentes das artes gráficas. Queremos estabelecer aproximações e um diálogo potente entre os artistas, o museu e o público. Esperamos que as pessoas compareçam neste sábado para apreciar o evento”, comenta Joyce Farias, pesquisadora do Museu Afro Brasil.

Serviço

 

O Museu Afro Brasil está localizado no Parque Ibirapuera. Funciona de terça a domingo, das 10h às 17h, com permanência até as 18h.

Em dias comuns o valor do ingresso para acessar as diversas exposições e atividades do MAB é de R$ 15 inteira e R$ 7,50 para meia entrada, porém as quartas-feiras a visitação é gratuita para todos.

Informações como exposições, atividades, notícias e contato podem ser acessados através do site do museu: http://www.museuafrobrasil.org.br.

Fonte: G1

Google Search Nitro News Brasil