Dalai Lama pede desculpas após polêmica ao pedir para menino ‘chupar sua lingua’

Vídeo que mostra o líder espiritual tibetano Dalai Lama beijando a criança na boca gerou revolta

O Dalai Lama (Tenzin Gyatso) gerou revolta após pedir a menino para ‘chupar’ sua língua num evento na Índia em fevereiro de 2023 Foto: Reprodução / Redes sociais

O líder espiritual tibetano, Dalai Lama, se desculpou depois que um vídeo que mostra ele perguntando a um menino se ele queria “chupar” sua língua gerou revolta nas redes sociais. O caso gerou uma onda de críticas a ele e seu gabinete afirmou que ele queria se desculpar com a criança e sua família “pela dor que suas palavras podem ter causado”. Em comunicado oficial, o Dalai Lama pediu desculpas pelo incidente e disse que lamentava muito. O vídeo mostra o budista de 87 anos beijando a criança na boca e brincando com ele.

O incidente O vídeo foi gravado em fevereiro deste ano, durante uma audiência com o Dalai Lama em McLeod Ganj, subúrbio de Dharamsala, no norte da Índia, onde o líder espiritual vive exilado desde o fracasso da revolta tibetana de 1951 contra o domínio chinês. As imagens viralizaram, porém, neste fim de semana. De acordo com o comunicado, o menino tinha perguntado ao Dalai Lama se ele poderia lhe dar um abraço. Em um vídeo que se tornou viral, o Dalai Lama pergunta ao menino “você pode chupar minha língua?” Ele coloca a língua para fora, e pessoas ao redor começam a rir.

Pedidos de desculpas anteriores Essa não é a primeira polêmica do líder espiritual. Ele já pediu desculpas em 2019 para a BBC, por ter dito que se uma mulher fosse sucedê-lo, ela “deveria ser mais atraente”. A CNN lembrou ainda que, em 2018, ele sugeriu que a Europa deveria ser guardada para os europeus, ao comentar o aumento do número de refugiados africanos entrando no continente. “Toda a Europa (irá) eventualmente se tornar um país muçulmano? Impossível. Ou país africano? Também impossível”, disse, acrescentando que é melhor “manter a Europa para os europeus”.

Dalai Lama O Dalai Lama é o principal líder espiritual do budismo tibetano. Na religião, ele é considerado a reencarnação de seus 13 predecessores. O atual é chamado Tenzin Gyatso. Ele é o representante do movimento de autonomia tibetana, mas a presença internacional que desfrutava quando recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 1989 diminuiu em parte por causa de sua idade, mas também devido à crescente influência econômica e política chinesa.

Repercussão O caso gerou uma grande repercussão nas redes sociais e em veículos de comunicação do mundo inteiro. Muitos internautas criticaram a atitude do líder espiritual, enquanto outros o defenderam, dizendo que o ato foi uma brincadeira inocente. Alguns usuários chegaram a afirmar que a polêmica foi causada por uma interpretação equivocada do vídeo.

Saúde do líder espiritual Recentemente, o Dalai Lama foi hospitalizado por uma infecção no peito, mas se recuperou bem e foi liberado para voltar para casa. Em 2020, ele também passou por uma cirurgia para remover uma pedra na vesícula biliar. A saúde do líder espiritual é acompanhada de perto por seus seguidores e pelos líderes políticos e religiosos em todo o mundo.

A polêmica em torno do vídeo gerou reações diversas nas redes sociais, com alguns apoiadores defendendo o Dalai Lama e outros criticando sua conduta. Alguns usuários do Twitter chamaram a atenção para a tradição tibetana de colocar a língua para fora como uma forma de saudação. No entanto, muitos outros afirmaram que a atitude do líder espiritual foi inapropriada e poderia ser interpretada como um abuso de poder.

A repercussão do episódio levou alguns organizadores de eventos a cancelar a participação do Dalai Lama em palestras e conferências, o que gerou mais críticas e controvérsias. Ainda assim, muitos de seus seguidores continuam a defendê-lo e acreditam que ele é um líder espiritual inspirador e importante para a causa tibetana.

A polêmica também levantou questões sobre a importância de líderes religiosos e espirituais agirem com responsabilidade e ética em suas interações com seguidores e fãs. A discussão sobre abuso de poder e consentimento é cada vez mais relevante em todas as esferas da sociedade, incluindo no mundo religioso e espiritual.

O Dalai Lama é um líder espiritual influente e respeitado em todo o mundo, e suas palavras e ações têm impacto significativo sobre milhões de seguidores. Apesar das polêmicas e controvérsias em torno de seus comentários e ações, ele continua sendo uma figura importante na luta pela autonomia tibetana e um símbolo de paz e compaixão em todo o mundo.

Uma pessoa apaixonada por esportes, praias e pela leitura de clássicos literários como "Dom Casmurro", além de obras contemporâneas como "O Código Da Vinci" e explorando questões fascinantes sobre a "Origem da Vida", sempre buscando cativar as pessoas.

Google Search Nitro News Brasil