Share

Operação de empilhadeiras com segurança exige atenção

A pandemia evidenciou ainda mais o papel fundamental das empilhadeiras na entrega de produtos essenciais à população, como alimentos, bebidas, produtos de limpeza, medicamentos, entre outros. E para o sucesso desta missão também o operador é extremamente importante em um processo que requer atenção, principalmente às medidas de segurança.

Empilhadeiras usadas de forma correta trazem economia, agilidade e segurança ao negócio. O aumento de compras pelo e-commerce no Brasil, representou um percentual de 30%, segundo a pesquisa da consultoria Kantar realizada em 21 países latinos em 2021. Com tamanha expansão, acredita-se que o número de equipamentos possa crescer na mesma proporção, exigindo ainda mais atenção e cuidado na movimentação de materiais e gerenciamento da frota.

“Os operadores de empilhadeiras movimentam cerca de 1.800 caixas diariamente. Mas, na prática, não se trata apenas de caixas. São eles que movem toda a cadeia de suprimentos”, diz Juliana Tavares, Gerente de Marketing da Yale Brasil, ao falar do reconhecimento desse profissional, que é estratégico desde o recebimento até a entrega de produtos em diversos negócios.



Para realizar um trabalho que exige tanto e requer atenção, estes profissionais precisam contar com equipamentos igualmente robustos. Por isso, é importante que a indústria foque em desenvolvimento de produtos que entreguem não só segurança e ergonomia, como também velocidade, performance e inovação. “Empilhadeira e operador precisam trabalhar juntos para que se alcance o melhor desempenho no dia a dia”, finaliza Juliana.

Atenção redobrada às normas de segurança

Para o adequado uso do equipamento, o operador precisa seguir algumas normas de segurança, a fim de reduzir possibilidades de acidentes, principalmente em uma área logística muito movimentada.

São diversos os modelos de empilhadeiras. Algumas podem ser utilizadas apenas em galpões fechados, enquanto outras são preparadas para o espaço aberto. Podem ser movidas a combustão ou ser elétricas, com capacidade de carga que pode variar de 1 até 52 toneladas, dependendo da marca e modelo e alturas que podem ultrapassar os 14 metros.

Trabalhando em setores tão diversos e com cargas dos mais variados tamanhos e pesos, para operá-la o profissional precisa ser treinado. Além disso, o operador deve se manter atualizado com as novidades do setor e utilizar de forma correta todos os equipamentos de segurança. Seguem algumas dicas:

  1. TCO e Manutenção Preventiva

A somatória do TCO (Custo Total de Propriedade) deve envolver o conjunto: aquisição, manutenção, reposição de peças, mão de obra e máquina parada. A manutenção agrega cerca de 40% ao valor da máquina, sendo os outros 60% ao valor da aquisição. Então, é importante realizar a manutenção preventiva, que ajuda na diminuição de custo e aumento da produtividade.

  1. Tipos de pneus para máquinas contrabalançadas

Cada pneu é projetado para um tipo de operação, promovendo segurança, fluidez e rentabilidade. A definição da melhor rodagem para a operação deverá ser definida observando: tipos de piso, resistência a furos, temperatura e estabilidade.

  1. Como calcular o corredor operacional da operação

O corredor operacional é a área de circulação da empilhadeira, ou seja, a menor distância necessária para que a empilhadeira consiga realizar a manobra para armazenagem, considerando folga de segurança, isso é, entrar no corredor e fazer a curva de 90 graus para depositar ou coletar a carga.

O primeiro passo para identificar a medida do corredor operacional de a operação, é coletar a menor distância entre as duas laterais do corredor, entre pallets, cargas ou porta-pallets. Para calcular o menor corredor operacional para um equipamento, são utilizados três valores:

– Raio de giro do equipamento;

– Raio de giro da carga;

– Folga, considerada para uma maior produtividade e segurança.

Sobre a Yale Brasil

A Yale, marca que atua no mercado de empilhadeiras e movimentação de materiais, pertence à Hyster-Yale Group Inc, uma subsidiária da Hyster-Yale Materials Handling, Inc. (NYSE: HY), sediada em Cleveland (Ohio, EUA). A empresa possui rede de distribuição autorizada com abrangência nacional.

Google Search Nitro News Brasil