Share

Startup desenvolve premiação para incentivar gestão de energia em empresas

Recentemente houve um cenário de crise energética nos países da Europa e urgência climática mundial. Logo, a preocupação com a melhor utilização e economia dos insumos energéticos ganhou destaque como um dos assuntos mais comentados, trazendo como principal pauta o conceito de eficiência energética.

Em poucas palavras, eficiência energética nada mais é que a habilidade de realizar o mesmo, ou até mais, com uma quantia menor de recursos de energia. E apesar da grande importância e benefícios, muitos gestores de empresas brasileiras não conhecem ou aplicam ações de eficiência energética em suas operações. Em 2017 a ABESCO (Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Conservação de Energia) publicou um documento indicando que em 2016 as empresas deixaram de economizar em torno de R$ 20 bilhões.

Realizar a gestão de energia de forma adequada, não é tarefa fácil quando esta atividade é feita de forma manual e sem muita estrutura. Desde uma simples “olhada” na fatura de energia para verificar gastos, ou até mesmo, realizar estudos de eficiência energética em setores eletro intensivos. Apesar da gestão de energia ser considerada uma tarefa árdua, é muito importante dar atenção ao tema, já que a energia é normalmente um dos insumos mais importantes para a empresa, e quando mal administrada pode gerar  grandes despesas desnecessárias no final do mês.



Pensando em difundir o conceito e a importância da eficiência energética para o mercado nacional, a CUBi Energia, uma startup brasileira que oferece soluções de gestão energética através de uma ferramenta web que utiliza dados e IOT (Internet das coisas) para encontrar oportunidades de eficiência, desenvolveu o CUBi Awards, uma premiação que tem como foco compartilhar casos reais que detalham os processos e os resultados alcançados por empresas brasileiras, ao implementarem uma plataforma de gestão de energia.

 “Aqui na CUBi, diariamente encontramos gestores de grandes empresas que não entendem a real importância da gestão de energia e da aplicação de ações de eficiência energética em seus processos. Essa é uma realidade atual do mercado brasileiro. Depois da implementação, é encantador ver os mesmos gestores admirados com o potencial de economia e eficiência alcançado. Queremos levar essa informação para todo o mercado nacional. Foi por isso que criamos o CUBi Awards”. Rafael Turella, Head Comercial da CUBi Energia. 

A primeira edição do CUBi Awards aconteceu em 2021, onde a startup divulgou cases de eficiência energética de grandes empresas brasileiras, como a Camargo Corrêa Infra; M.Dias Branco; Itograss e Revanche. Neste ano, no CUBi Awards 2022 a premiação contou com 4 categorias (indústria, agronegócio, agroindústria e construção civil) para premiar seus próprios clientes e 1 categoria externa (boost). como uma iniciativa para reconhecer projetos de eficiência energética de outras empresas presentes no mercado. 

Vencedores de cada categoria:

  •  AGROINDÚSTRIA: Moinho Itaipu. Por identificar um potencial de economia de mais de R$ 1 milhão por ano.
  • AGRONEGÓCIO: Citrosuco. Por economizar até 41% do custo com energia reativa utilizando uma ferramenta de monitoramento de energia e executando processos de gestão e governança energética. 
  •  INDÚSTRIA: Frivatti. Por identificar 12% de desperdício em seu custo anual com energia elétrica. 
  • CONSTRUÇÃO CIVIL: Cyrela. Por implementar um dos melhores sistemas de eficiência energética em canteiro de obras e pontos de venda. 
  • BOOST: Estech Engenharia. Por desenvolver o melhor projeto de Eficiência Energética focado em refrigeração.

Google Search Nitro News Brasil