dom. abr 21st, 2024

Energia Solar evitou poluição de 3,4 mi de veículos

By DINO fev20,2023

O uso de sistemas de energia solar fez com que o Brasil deixasse de emitir um volume de CO₂ equivalente à poluição causada por pouco mais de 3,4 milhões de veículos em 2022. Os números foram levantados pelo Canal Solar, com base em relatórios da ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica) e da EPA (Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, na sigla em inglês).

De acordo com a agência norte-americana, um veículo típico de passageiros emite, em média, cerca de 4,6 toneladas métricas de dióxido de carbono por ano. Trata-se de um volume que, ao ser cruzado com os boletins mensais da ABSOLAR, revela o tamanho do potencial que a energia solar possui para ajudar o Brasil a combater o aquecimento global.

Isso porque, segundo a associação brasileira, somente entre os meses de janeiro e dezembro de 2022, cerca de 15,9 milhões de toneladas de CO₂ deixaram de ser emitidas por causa dos painéis de energia solar instalados no Brasil. Ou seja, se país evitou 15,9 milhões de toneladas de CO₂ em 2022 e cada veículo à combustão emite, em média, cerca de 4,6 toneladas de gás carbônico por ano, é possível estimar metricamente que os painéis solares evitaram com que mais de 3,4 milhões de veículos poluíssem o meio ambiente.



Para Ricardo Mello, especialista em gestão de negócios ambientais, os números são impactantes e serão ainda melhores ao longo dos próximos anos, conforme a energia solar continue se popularizando entre os brasileiros.

“A energia solar ainda tem muito a crescer, porque os investimentos estão ficando cada vez maiores. Além disso, o preço dos equipamentos vem diminuindo e se tornando cada vez mais acessível para a população”, explica ele.

Veja também: