Polícia instrui acerca dos cuidados a serem tomados por quem se ausenta de casa

As polícias Civil e Militar, em parceria com a prefeitura do município de São Caetano, elaboraram dicas para auxiliar moradores que se ausentarão por um determinado período em razão de viagem.

Algumas das principais dicas incluem: verificar todas as janelas e portas; não deixar luzes acesas; instalar sensores e câmeras de monitoramento; solicitar a um amigo ou vizinho que recolha a correspondência e afira se está tudo em ordem; recolher ferramentas e outros objetos; evitar postar fotos da viagem nas redes sociais enquanto estiver fora e não contar os planos de viagem a estranhos.

Criminosos utilizam várias táticas para aferir que ninguém está em casa

Segundo a delegacia do município de São Caetano, é muito importante impor obstáculos que dificultem o acesso de criminosos já que, atualmente, os bandidos estão utilizando várias táticas para conferir se os moradores estão em casa. Conforme entrevista veiculada pelo site Reporte Diário, a delegada responsável relatou que um homem detido confessou que “passava na casa que desconfiava estar vazia, jogava uma garrafa PET no quintal e voltava dois dias depois. Se a garrafa ainda estivesse lá, era sinal de que não havia ninguém na casa”.

Ademais, a delegada que auxiliou na elaboração das dicas afirma que a utilização de portões com travas magnéticas pode mitigar invasões. Além disso, qualquer tipo de fragilidade na portaria tende a ser percebida pelos criminosos. Relembrando um caso, “eles (os bandidos), foram lá e tocaram o interfone para falar com a portaria e ninguém atendeu; logo perceberam que não havia ninguém olhando, assim eles aproveitaram”.

Os criminosos utilizam táticas diferenciadas para realizar furtos em residências e costumam fazer um trabalho de observação, para identificar quando a casa está vazia, evidenciando ainda mais a importância de investir em serviços de segurança, como portaria remota. Além disso, a delegada destaca que “os moradores (vizinhos) que não viajaram devem ficar atentos a qualquer movimentação, fotografar carros estranhos e pessoas que não são conhecidas”.

Portaria remota promove aumento da segurança em geral

Os serviços especializados de portaria remota utilizam sistemas de monitoramento com câmeras e alarmes, pelo acompanhamento 24 horas, diretamente de uma central de operações. O contato com os moradores de um condomínio, por exemplo, é feito via interfone ou aplicativo, e a liberação de acesso é realizada somente mediante autorização.

Moradores e colaboradores podem acessar o condomínio via digital, chave virtual ou TAG, garantindo a autonomia com segurança aos autorizados. Ademais, caso seja necessário checar imagens, é possível acessar a nuvem e verificar todas as capturas de tela.

Google Search Nitro News Brasil