dom. abr 21st, 2024

Inteligência artificial pode auxiliar o Marketing Digital

By DINO mar3,2023

Na última década, os processos que integram o marketing digital mudaram de maneira considerável a partir da popularização dos dispositivos de internet móveis, smartphones e demais meios digitais. A partir disso, aplicativos, sites e redes sociais se adequam constantemente para que os usuários possam ter um contato produtivo e efetivo para com as lojas, produtos, empresas entre outras. Desse modo, a prospecção de clientes a partir da geração de leads eficientes para essa interação digital cada vez mais usual se torna uma tônica dentro do mercado.

Não é à toa que, gradativamente, os sites e aplicativos tenham interesse em mapear as buscas dos usuários, locais acessados geograficamente, perfil cultural, etário e social dos grupos que consomem na internet cotidianamente. Todos esses dados se tornam um recurso para quem deseja gerar leads de sucesso. Este processo está cada vez mais integrado aos mecanismos de inteligência artificial.

Tecnologias como realidade virtual aumentada, marketing responsivo, múltiplos canais de pagamento são uma das tendências para 2023. A automação de leads também é uma tendência que deve ser implementada no cotidiano das empresas. Gabriel Marins, COO pela UM_digital, empresa especializada em criação de conteúdo e performance digital, aponta que o uso de inteligência artificial (IA) e automação de marketing com foco em geração de leads habilita, principalmente, a escalabilidade do processo. 



“Boa parte das tarefas manuais e repetitivas podem ser automatizadas”, diz Gabriel, citando como exemplo a execução de uma régua de envio de mensagens ou e-mails personalizados. “Dessa maneira, com a definição de parâmetros para a inteligência artificial, decisões podem ser tomadas em tempo real sem a intervenção humana”.

Nem todos os profissionais da área têm conhecimento específico para trabalhar os dados coletados ou, muitas vezes, não há tempo hábil, dentre as várias atividades para que diárias, para gerir essa função. Por isso, algumas ferramentas de IA já estão disponíveis a fim de facilitar o cotidiano de quem busca leads produtivos. 

“É possível criar réguas e jornadas automatizadas de lead scoring a partir de interações com o lead, por exemplo, que, por sua vez, podem ser facilmente integradas a um CRM (como Pipedrive) para que o time comercial receba a oportunidade e possa tratá-la imediatamente”, diz Gabriel. Além disso, o especialista afirma que há também a possibilidade de contarem com mecanismos de inteligência artificial para geração de insights de negócio.

Para que o profissional da área esteja em conformidade com as transformações que a tecnologia trás, é importante estar sempre se atualizando e aprimorando softwares que gerem os resultados esperados. Muitas vezes uma consultoria inicial pode ser uma boa alternativa para quem quer integrar tais tecnologias no dia a dia da empresa, mas não sabe como começar.

Veja também: