Empresas utilizam inteligência de dados em seus CSCs

Entre as iniciativas relacionadas à inteligência de dados planejadas pelas empresas brasileiras para os seus CSCs neste ano, destaca-se a utilização de data analytics e a intensificação de treinamentos voltados para análise de dados, conforme informações coletadas na MIA (Market Intelligence Application), plataforma de dados sobre CSC (Centro de Serviços Compartilhados) do IEG, empresa que elabora soluções de ensino, pesquisa e consultoria em gestão.

Um CSC consiste em uma estrutura de centralização de processos que são comuns às unidades de negócio de uma organização, englobando demandas de diversos departamentos como finanças, recursos humanos e tecnologia da informação, a fim de propiciar ganhos de produtividade, otimização e padronização. 

Esse modelo de gerenciamento oferece uma maior fluidez para a produção ao agregar setores da empresa que, geralmente, trabalhariam de maneira isolada, integrando-os por meio de uma comunicação eficiente, proporcionando o intercâmbio de informações e processos.

Lara Pessanha, sócia e responsável pela área de inteligência de mercado do Instituto de Engenharia de Gestão (IEG), avalia que os CSCs são fundamentais para tornar as tomadas de decisão mais assertivas e embasadas, desenvolver insights valiosos e maximizar o valor dos dados corporativos.

A especialista ressalta o importante papel desempenhado pelos CSCs no atual contexto da transformação digital das empresas. “Eles são capazes de implementar soluções que auxiliam no processo de coleta, armazenamento, processamento e interpretação dos dados”, afirma.

A sócia do IEG esclarece que os treinamentos capacitam os profissionais não só para que possam aprender a melhor organizar e interpretar informações relevantes, mas também para “exercerem uma cultura de gestão por meio de dados, ou seja, reforçar a necessidade de tomar decisões embasadas em evidências.”  

Para saber mais, basta acessar www.ieg.com.br

 

Google Search Nitro News Brasil