Share

Estudo aponta aumento na produção de aço em dezembro de 2023

Relatório divulgado pelo Instituto Aço Brasil, chamado Produção Siderúrgica Brasileira em dezembro de 2023, apontou que a produção brasileira de aço bruto atingiu a marca de 2,5 milhões de toneladas, marcando um aumento de 0,9% em comparação com o mesmo mês de 2022. A publicação ainda mostra que a produção de laminados também registrou crescimento significativo, totalizando 1,7 milhão de toneladas, um aumento notável de 16,0% em relação a dezembro de 2022. Além disso, os semi-acabados destinados às vendas alcançaram a marca de 827 mil toneladas, representando um aumento de 9,8% em relação ao ano anterior.

O estudo apresenta dados sobre as vendas internas de produtos siderúrgicos, que apresentaram um avanço de 4,0% em dezembro de 2023 em comparação com o mesmo período de 2022, totalizando 1,4 milhão de toneladas. O consumo aparente de produtos siderúrgicos, segundo a publicação, também teve um desempenho positivo, atingindo 1,9 milhão de toneladas, marcando um aumento de 14,2% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Já sobre os dados de exportações de aço em dezembro de 2023, o relatório aponta que os números chegaram a 842 mil toneladas, representando um declínio de 10,6% em comparação com dezembro de 2022. Em termos de valor, as exportações alcançaram US$ 642 milhões, indicando uma queda de 21,7%, conforme apontado no estudo. No entanto, as importações apresentaram um cenário oposto, com um aumento de 51,2% em volume (511 mil toneladas) e 25,6% em valor (US$ 551 milhões) em comparação com dezembro de 2022, segundo os números divulgados no relatório.

José Antônio Valente, diretor da empresa de franquias na construção civil Franquias Trans Obra, afirma que o relatório oferece uma visão abrangente e atualizada do setor siderúrgico no país. José Antônio continuou dizendo que os dados revelam um aumento na produção de aço bruto, que atingiu 2,5 milhões de toneladas, refletindo um crescimento de 0,9% em relação a dezembro de 2022 e que esse incremento sugere uma tendência positiva e sinaliza uma recuperação na indústria. “Esse avanço pode ser interpretado como um indicativo de uma demanda sólida por produtos siderúrgicos, impulsionada por fatores como a retomada econômica e investimentos em setores consumidores de aço”.

Ainda sobre a publicação, que pode ser analisada na íntegra através do link informado no início da matéria, apresentou outros dados para um período maior de referência sobre o setor. Considerando o acumulado de janeiro a dezembro de 2023, a produção brasileira de aço bruto totalizou 31,9 milhões de toneladas, registrando uma queda de 6,5% em relação ao mesmo período de 2022. A produção de laminados, no mesmo intervalo, foi de 21,8 milhões de toneladas, representando uma redução de 7,0%. No entanto, a produção de semi-acabados destinados às vendas aumentou, alcançando 9,6 milhões de toneladas, um incremento de 19,4%.

O relatório aponta ainda que as vendas internas, por sua vez, totalizaram 19,4 milhões de toneladas, indicando uma redução de 4,4% em relação ao mesmo período do ano anterior. Além disso, nota-se dados sobre o consumo aparente nacional de produtos siderúrgicos, que apresentou um aumento de 1,5%, atingindo a marca de 23,9 milhões de toneladas. A publicação oferece também dados no contexto das importações e exportações do setor, mostrando que houve um aumento de 50,0% nas importações, totalizando 5,0 milhões de toneladas, enquanto as exportações alcançaram 11,7 milhões de toneladas, representando uma queda de 1,8% em volume e 9,7% em valor em comparação com o mesmo período de 2022.

Google Search Nitro News Brasil