Indicador de Confiança da Indústria do Aço avança em janeiro

Em estudo divulgado pelo Instituto Aço Brasil, chamado Indicador de Confiança da Indústria do Aço (ICIA), é possível observar que houve um avanço de 3,2 pontos em janeiro de 2024 em comparação com o mês anterior, atingindo a marca de 40,9 pontos, conforme aponta o relatório divulgado. O estudo diz que apesar de marcar a terceira alta consecutiva, o índice permanece abaixo de 50 pontos, continuando a refletir a falta de confiança dos CEOs do setor siderúrgico. O acumulado revela que o ICIA permanece abaixo da linha divisória de confiança por 15 meses consecutivos, situando-se 12,6 pontos abaixo da média histórica de 53,5 pontos.

O estudo destaca que todos os componentes do ICIA mantêm-se abaixo de 50 pontos pelo quinto mês seguido, indicando falta de confiança tanto na situação atual quanto nas expectativas para os próximos seis meses. O relatório afirma que o índice que mede a percepção sobre a situação atual apresentou um crescimento de 9,5 pontos em janeiro, atingindo 39,6 pontos. Além disso, nota-se na publicação que os indicadores sobre a situação atual da economia brasileira e da própria empresa registraram aumentos de 11,8 pontos e 8,4 pontos, alcançando 39,5 pontos e 39,7 pontos, respectivamente.

Sobre o às expectativas para os próximos seis meses, o relatório afirma que o índice permaneceu estável em 41,6 pontos. Segundo o documento, esse resultado se deve a um aumento de 3,5 pontos nas expectativas sobre a economia brasileira (atingindo 40,4 pontos), contraposto a uma queda de 1,8 ponto nas expectativas sobre as empresas dos entrevistados (chegando a 42,1 pontos).

José Antônio Valente, diretor da empresa de franquias na construção civil Franquias Trans Obra, afirma que o relatório destaca um aumento modesto de 3,2 pontos em janeiro de 2024 em comparação com o mês anterior, levando o índice a 40,9 pontos. Apesar de marcar o terceiro crescimento consecutivo, é ressaltado que o ICIA permanece abaixo do limiar crítico de 50 pontos, refletindo a contínua falta de confiança dos CEOs do setor. “O estudo oferece uma leitura abrangente do cenário de confiança na indústria do aço, destacando desafios persistentes que os líderes do setor enfrentam, bem como as nuances nas percepções atuais e expectativas futuras, fornecendo insights valiosos para todos os stakeholders envolvidos”.

O relatório, que pode ser consultado no link informado no início da matéria, apresenta um quadro geral, ilustrado pelos gráficos de confiança ao longo dos últimos meses, sinalizando, segundo dados apresentados, a persistência de desafios no setor, evidenciando um ambiente de cautela entre os líderes da indústria do aço. 

Perguntado sobre o assunto, José Antônio afirmou que o cenário atual, marcado por oscilações no indicador, destaca a complexidade do ambiente econômico e as incertezas que permeiam as projeções para o setor ao longo de 2024. “É possível observar no relatório que todos os componentes do ICIA mantêm-se consistentemente abaixo dos 50 pontos, indicando uma persistente falta de confiança tanto na situação atual quanto nas expectativas para os próximos seis meses”.

Google Search Nitro News Brasil