Share

Dos EUA para o Brasil: Atenção primária é tema de bilhões

Neste mês de janeiro, a BenCorp e a MedHealth se uniram para realizar um evento de destaque no setor de healthcare. O encontro, que contou com a participação de aproximadamente 60 profissionais, incluindo representantes de hospitais, clínicas, operadoras de planos de saúde e convidados, teve como ponto alto um bate-papo com o Dr. Rushika Fernandopulle. Médico e professor da Escola de Saúde Pública de Harvard, Dr. Fernandopulle é o fundador da Iora Health, uma renomada prestadora de serviços de atenção primária em saúde com um inovador modelo de remuneração baseado em valor.

O bate-papo, que durou quase duas horas, foi realizado no restaurante Pobre Juan Vila Olímpia e conduzido por Luís Alexandre Chicani, Founder da BenCorp e do Grupo LAC44, e por José Leal, Sócio e Diretor da MedHealth, que discutiram sobre aspectos importantes para que este modelo de saúde tenha recebido tamanho interesse de diversas empresas dos EUA nos últimos anos, e mudado o cenário de healthcare no exterior.

O médico e empreendedor, Dr. Rushika, explica que no modelo de atenção primária em saúde baseado em valor, diferentemente do modelo de mercado remunerado por procedimento, ou fee for service como é conhecido nos EUA, o foco é o cuidado aos pacientes a longo prazo, onde o acompanhamento e relacionamento entre médico e paciente possa garantir o cuidado necessário que precisam, mudando seus hábitos e estilos de vida, se for o caso, para garantia de uma saúde melhor à custos muito mais interessantes.

 

Modelo de atenção primária à saúde de bilhões

Segundo Rushika, escalar este modelo lá fora foi um desafio, pois o cuidado à saúde primária baseado em valor requer acompanhamento de resultados a longo prazo, o que levou a Iora Health a uma espera de quase 7 anos para que começasse a receber investimento externo, provando que seu modelo de cuidado era, não só sustentável, mas também tinha capacidade de expansão eficiente para atender as exigências do mercado.

Com os resultados crescentes, e demonstrando não só sustentabilidade assistencial, mas também financeira neste modelo de saúde, a Iora Health passou a ter atenção de alguns dos maiores empregadores do mercado norte-americano, como a Boeing, onde acabou assumindo o cuidado das vidas de seus milhares de colaboradores. Em 2021 a One Medical, provedora de saúde, na intenção de ampliar seus serviços de saúde, adquiriu a Iora Health, que posteriormente, em 2023, foi adquirida pela Amazon no valor de aproximadamente USD 4 bilhões.

 

Relacionamento e tecnologia como principais agentes de transformação

Há 20 anos, Rushika percebeu na prática que a maneira como se faziam os cuidados primários nos EUA não era de fato sustentável, e que o maior problema era a forma como o sistema de saúde atuava, onde tudo era baseado em transações, ou seja, o objetivo parecia sempre oferecer mais serviços para as pessoas, quer precisassem ou não. Foi aí então que se questionou: “e se mudássemos o sistema para melhorar a saúde das pessoas, baseado em relacionamento?”.

O segredo para o crescimento exponencial dos serviços de assistência primária à saúde prestadas pela Iora Health foi, de a acordo com Fernandopulle, a união do atendimento humanizado aos pacientes, prestados não só pelos médicos envolvidos, mas por toda equipe de saúde responsável pelos cuidados à saúde dos pacientes, e principalmente pelo avanço da tecnologia, que permitia um acompanhamento mais próximo a estes pacientes, através de contato mais contantes, seja por mensagens, ligações ou pela telemedicina.

Citando um exemplo, Dr. Rushika destacou o caso de uma paciente que não se encontrava bem, e que foi encaminhada para ele com diversos problemas: diabetes, pressão arterial instável, constantes encaminhamentos para a sala de emergência e falta de controle com seus medicamentos. “Ao instaurar este novo modelo de cuidados com a saúde, em poucos meses pude acompanhar de perto a mudança no seu quadro. Ela já não visitava mais as salas de emergência, estava tomando seus remédios e teve pressão arterial e diabetes sobre controle. E ao perguntar para ela o que fizeram para ajudá-la, tive uma resposta profunda. Ela disse que todos se importaram com ela, ensinaram ela a se importar consigo e ela não queria desapontar ninguém. Ela estava do nosso lado”, concluiu ele.

Com um modelo de saúde mais próximo ao paciente, e com ele informado e envolvido em todos os procedimentos, foi possível mudar a realidade do mercado de healthcare, reduzindo os custos de saúde, não por dizer “não” às pessoas, mas melhorando a saúde destas pessoas através da confiança e levando as mesmas a mudarem seus comportamentos, quando necessário, ou a terem melhores hábitos, levando, consequentemente, a um quadro de saúde melhor.

Serviço

O Grupo LAC44 é um ecossistema de soluções em gestão de benefícios corporativos, medicina ocupacional e acesso à saúde. Com as empresas BenCorp, Saúde da Gente, Onyma e Kera, o grupo busca promover bem-estar corporativo, saúde acessível e especialmente, a redução de custos, atendendo a mais de 750 mil vidas.

Google Search Nitro News Brasil