dom. abr 21st, 2024

Automações no data center aumentam eficiência operacional

By DINO mar18,2024

Os data centers têm um papel importante no suporte à infraestrutura digital global ao hospedarem servidores, armazenarem dados e possibilitarem uma ampla gama de serviços on-line. Com isso, a crescente demanda por capacidade de processamento e armazenamento, a eficiência operacional e um melhor desempenho tornaram-se pontos necessários de atenção.

De acordo com um estudo da Data Center Dynamics, em 2023, o Brasil se destacou como o país latino-americano com o maior número de inaugurações de data centers. Nesse contexto, a automatização de tarefas emergiu como uma solução inovadora, proporcionando benefícios significativos para a gestão eficaz desses ambientes complexos. Nos data centers, o uso dessa ferramenta otimiza processos, reduz erros humanos e acelera a execução de operações rotineiras. Isso se traduz em eficiência operacional aprimorada e permite que as equipes de TI se concentrem em tarefas mais estratégicas e de alto valor. 

Para Davi Lopes, diretor de Distribuição, Inside Sales e Transformação Digital da Schneider Electric, os benefícios para a implantação de sistemas automatizados nos data centers para tarefas são o monitoramento de desempenho e gerenciamento de capacidade,  que resultam em um ambiente mais ágil e responsivo.



Isso também contribui para a redução de custos operacionais, otimizando o consumo de energia, melhorando a utilização dos servidores e minimizando desperdícios de recursos. A automação facilita a conformidade com regulamentações e padrões de segurança, garantindo que as políticas e procedimentos sejam aplicados consistentemente.

“A busca por um desempenho aprimorado é um imperativo constante nos data centers, considerando a crescente demanda por velocidade, escalabilidade e confiabilidade. A automatização permite ajustes dinâmicos na infraestrutura em resposta a picos de demanda, alterações nos padrões de tráfego e outros eventos imprevistos”, explica o executivo.

A implementação de técnicas avançadas, como aprendizado de máquina e inteligência artificial, também possuem importância na otimização do desempenho. Algoritmos podem analisar padrões de uso, prever demandas futuras e ajustar automaticamente os recursos para atender às necessidades específicas.

“Colocar em prática a automação nos data centers requer uma abordagem equilibrada, combinando a tecnologia avançada com uma compreensão aprofundada das necessidades específicas da infraestrutura e das operações. A implementação cuidadosa, considerando os desafios e as necessidades específicas, pode posicionar os centros de dados para atender de forma eficaz às demandas do cenário digital em constante evolução”, ressalta Davi Lopes.

Veja também: