dom. abr 14th, 2024

Procura por procedimentos estéticos cresce constantemente

By DINO mar20,2024

Em sua última pesquisa sobre o assunto, a SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) apontou um aumento de 2,4% na busca por procedimentos estéticos não cirúrgicos entre os anos de 2016 e 2018. A pesquisa, que comparou dados também com o censo de 2014, apontou crescimento de 32,5% na procura por esse tipo de procedimento entre 2014 e 2018.

Os procedimentos estéticos não cirúrgicos listados pela pesquisa em 2018 foram: toxina botulínica, preenchimento, peeling, suspensão com fios, ácido polilático, microagulhamento, laser, hidroxiapatita, dermoabrasão, luz pulsada, radiofrequência, carboxiterapia, ultrassom microfocado e crioterapia. O procedimento mais buscado foi a aplicação de toxina botulínica, que corresponde a 95,7% dos procedimentos estéticos não cirúrgicos requisitados em 2018.

A pesquisa foi feita por e-mail com todos os associados da SBCP. Foram obtidas 1090 respostas espontâneas, sendo que a maior parte dos respondentes atua na região Sudeste.



Vários dos procedimentos estéticos citados na pesquisa da SBCP são também feitos por dermatologistas. Segundo a SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia), o dermatologista cosmiátrico é o profissional capacitado para executar procedimentos cosméticos como aplicação de toxina botulínica, preenchimentos, laser para rejuvenescimento, peelings, tratamentos para cicatrizes de acne, depilação a laser, remoção de tatuagens, entre outros.

Dra. Monica Suganuma é médica dermatologista e lembra que a procura por procedimentos estéticos tem crescido de forma constante há vários anos. “Esse interesse crescente pode ser atribuído a diversos fatores, incluindo o maior acesso à informação sobre cuidados dermatológicos e as inovações tecnológicas. Além disso, a influência das redes sociais não pode ser subestimada, uma vez que a exposição constante a padrões de beleza tem incentivado muitos a buscar melhorias estéticas”, avalia a médica.

Ela considera a dermatologia fundamental neste panorama. “Como especialistas na saúde da pele, cabelos e unhas, os dermatologistas desempenham um papel crucial na pesquisa, desenvolvimento e aperfeiçoamento de técnicas que garantem resultados eficazes e seguros para os pacientes”, resume Dra. Monica Suganuma, sobre o reflexo do crescimento da busca por procedimentos estéticos não cirúrgicos na sua área de atuação.

Ela acrescenta que isso também expande a responsabilidade dos dermatologistas  e exige ainda mais atualização constante do profissional. A SBD enfatiza a importância de buscar profissionais capacitados e orienta aqueles que desejam fazer procedimentos estéticos a também se informarem sobre o local onde será feita a intervenção.

“A escolha por um profissional qualificado não é apenas uma questão de obter os melhores resultados estéticos, mas também de garantir a segurança e a saúde do paciente. Assim, enquanto o mercado de estética continua a crescer, a educação e a escolha consciente do profissional tornam-se fundamentais para a manutenção de padrões éticos e de qualidade no setor”, explica Dra. Monica Suganuma. 

“A proliferação de práticas inadequadas por indivíduos não qualificados não apenas compromete a saúde e segurança dos pacientes, mas também prejudica a reputação da dermatologia como campo médico”, alerta Dra. Monica Suganuma. “Isso sublinha a importância de campanhas educativas robustas, para enfatizar a necessidade de formação específica, conhecimento aprofundado da anatomia humana e compreensão das possíveis complicações associadas a esses tratamentos.”

Para saber mais, basta acessar: http://clinicasuganuma.com/ 

Veja também: