sex. abr 19th, 2024

Eventos corporativos podem ser pontos focais para hotelaria paulista

By DINO mar28,2024

Segundo dados apresentados na edição deste ano do Encontro do Setor de Feiras e Eventos (ESFE), o Brasil figura no Top 5 mundial em termos de rentabilidade no setor de eventos, sendo que 70% destes são realizados apenas no estado de São Paulo, enquanto 30% representam a parcela de fora do estado.

Em 2023, só na capital paulista, foram registrados cerca de 1.286 eventos de grande porte (+700 participantes) com foco no B2B entre feiras, congressos, seminários, corporativos e convenções, gerando mais  de R$ 10 bilhões para a economia local e impactando o turismo em todo o estado de São Paulo, de acordo com o que foi levantado pela União Brasileira de Feiras e Eventos de Negócios (UBRAFE), em parceria com a São Paulo Turismo (SPTuris).

Um dos setores mais impactados neste cenário é o de turismo, mais precisamente o de hotelaria, que tem a capital paulista como um de seus principais expoentes. Ainda de acordo com a UBRAFE, estas viagens corporativas atraem 12 milhões de turistas por ano.



Essa dinâmica é sentida principalmente por hotéis próximos aos espaços de eventos, como é o caso das unidades Transamerica Executive Chácara Santo Antônio e Transamerica Executive Perdizes, localizadas a curta distância do pavilhão São Paulo Expo, e pelo Transamerica Executive Perdizes, com acesso ao Centro de Convenções do Anhembi. Segundo os gerentes, hóspedes que chegam à cidade por conta dos eventos apresentam algumas particularidades como:

  • Buscam momentos de lazer durante suas viagens de negócios;
  • Prezam por boa localização, segurança, boa reputação online e indicações positivas;
  • Investem tempo avaliando online antes de entrar em contato com o local.

Por isso, segundo eles, é fundamental que os hotéis ofereçam experiências pensadas especialmente para hóspedes corporativos, com infraestrutura moderna, serviços de qualidade, soluções tecnológicas, facilidades para refeições e maximização do conforto. Além disso, é importante que o hotel esteja sempre em sintonia com as demandas do mercado em geral e com as tendências de consumo globais.

Veja também: