Uma forte frente fria avança sobre o centro-sul do Brasil associada a uma forte massa de ar frio de origem polar e a um ciclone extratropical que se organiza na costa do Rio Grande do Sul.

 

A presença do ciclone extratropical e o acentuado choque térmico entre o ar frio polar e o ar quente que predomina sobre o Brasil causam intensas rajadas de vento no Sul e em parte do Sudeste e do Centro-Oeste nesta sexta-feira, 29 de julho de 2022.

 

O deslocamento da frente fria provocou intensas rajadas de vento no Sul do Brasil. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou rajadas de  até 120 km/k no começo da madrugada desta sexta-feira, 29, em Bom Jardim da Serra (Morro da Igreja), na serra de Santa Catarina. Também em Santa Catarina, uma rajada chegou aos 87 km/h em Campos Novos. Lagoa Vermelha, no Rio Grande do Sul, teve rajada de 80 km/h e Chapecó, em Santa Catarina, de 78 km/h. Major Vieira (Santa Catarina) teve rajada de 75 km/h e Clevelândia, no Paraná, sentiu ventos de 72 km/h

 

Alertas de vento forte para sexta-feira – 29/7/2022

 

 

Atenção para fortes rajadas de vento, entre 80km/h e 90km/h no Vale do Paraíba, no Litoral Norte e na serra da Mantiqueira, em São Paulo, e no centro-sul do Rio De Janeiro, incluindo o Grande Rio

 

Atenção para fortes rajadas de vento, entre 60km/h e 80km/h no litoral e na serra do Rio Grande do Sul, na serra, no planalto sul e no litoral sul de Santa Catarina, no centro-norte de São Paulo, no Sul de Minas, na Zona da Mata Mineira e no norte do estado do Rio de Janeiro

 

Atenção para fortes rajadas de vento, entre 40km/h e 60km/h no Espírito Santo, no Triângulo Mineiro e na Grande Belo Horizonte, no oeste, centro, sul e leste de São Paulo, em Mato Grosso do Sul, no sul de Goiás, no oeste e sul de Mato Grosso, no Paraná, no oeste e leste de Santa Catarina e no centro e norte do Rio Grande do sul