Cidade Alerta divulga fotos inéditas e exclusivas de Margarida Bonetti “A mulher da casa abandonada”. Fotos da mulher da casa abandonada sem maquiagem

Nos últimos dias, uma história envolvendo uma mulher morando em um casa abandonada ganhou a atenção pública. Margarida Bonetti, que se apresenta como Mari, é uma brasileira que fugiu dos Estados Unidos e do FBI após manter, junto ao marido, uma mulher em estado análogo à escravidão por cerca de 20 anos. Escondida no Brasil desde então, ela raramente aparece fora da casa sem cuidados onde vive, em Higienópolis, um bairro caro de São Paulo. A coluna te conta agora os detalhes dessa história e os mistérios que ainda a envolvem.

Brasileira estaria escondida do FBI no Brasil, após ela e o marido manterem uma mulher em estado análogo à escravidão nos EUA, por 20 ano

O caso ganhou grande repercussão no Brasil após um podcast do jornal Folha de S.Paulo chamado A Mulher da Casa Abandonada. Nele, o jornalista Chico Felitti revela tudo que descobriu sobre o caso ao longo de seis meses de apuração.

Margarida Bonetti era da elite paulistana. Descendente de barões, ela se mudou para os Estados Unidos devido ao trabalho do marido, Renê Bonetti, que é engenheiro e, na época, trabalhava para uma empresa que prestava serviços à Nasa. Mas os dois não foram sozinhos: segundo o Cidade Alerta, parentes de Margarida contrataram uma mulher para se mudar com o casal e cuidar da residência onde ficariam.

Como foi descoberto muito tempo depois, após denúncias de vizinhos, a funcionária passou 20 anos vivendo em um porão da casa. Ela não recebia salário e era agredida pelo casal, além de não ter acesso aos armários ou geladeira do local.

AO VIVO: Repercussão do caso da mulher da casa abandonada no ‘Cidade Alerta’

Foi então que Bonetti fugiu do país e passou a ser considerada foragida pelo FBI, enquanto o marido, que se naturalizou americano, permaneceu no país. Ele ficou preso por 7 meses e, à época do julgamento, afirmou que a funcionária não poderia ser considerada como tal, pois ela era “da família” e trabalhava menos que o casal. Atualmente, Renê ganha um salário equivalente a R$ 1 milhão. Já Margarida, se mudou para a casa em Higienópolis, onde mora até hoje.

Fotos atuais da mulher da casa abandonada sem maquiagem

 

 

Vida de Margarida Bonetti no Brasil

“Mari”, como se apresentou aos vizinhos, aparece poucas vezes no exterior de sua casa, além de sempre usar um tipo de creme branco em toda a face. Alguns dizem que ela utiliza o produto para não ser reconhecida, enquanto outros pensam que ela pode ter uma doença de pele.

Com a repercussão do caso no Brasil nas últimas semanas, dezenas de pessoas lotaram a rua onde Bonetti mora, para tentar vê-la. Também nesse período, Luisa Mell entrou no local para resgatar os dois cães que viviam na casa, sem encontrar com a moradora. Mas onde, então, ela se encontra?

No Cidade Alerta da última segunda-feira (4/7) foi revelado, ao vivo, que a Polícia Civil de São Paulo entrou na parte externa da propriedade, também sem sucesso de encontrar Margarida. O estado da casa, segundo fotos e vídeos captados por drones, é de um local abandonado. Com muita bagunça no interior e um quintal com mato e árvores sem cuidado, alguns vizinhos acreditam que ela está escondida no porão do local, um dos 20 cômodos da casa. Outros suspeitam que, após a repercussão do caso, ela tenha fugido do local de madrugada, com ajuda de alguém. Vizinhos ainda afirmam que Bonetti tem filhos que moram perto da mãe.

Ainda segundo o Cidade Alerta de segunda, a Polícia Civil já solicitou uma autorização à Justiça para entrar na propriedade e, possivelmente, pôr um fim ao caso.