Cidade Alerta mostra ao vivo imagens exclusiva da residencia onde mora a mulher da casa abandonada. Casa ficou conhecida em Podcast do jornalista Chico Feliti

Nas imagens exclusivas mostradas no cidade alerta aparecem televisões antigas, cristaleira, camas antigas, discos e muitas coisas antigas e valiosas como colares de pérolas. No programa os vizinhos dizem que ela aparece com uma mascara a cada dois meses no local. Ela sempre esta usando uma máscara em que cobre todo o rosto. Margarida Bonetti a suposta mulher da casa abandonada seria foragida da policia americana. Nos EUA ela mantinha uma empregada doméstica sem pagar salário, um trabalho analogo a escravidão. O marido dela chegou a ser preso nos EUA e foi liberado. A mulher no entanto fugiu para o Brasil e estaria escondida aqui desde esse episódio.

Muito se tem discutido sobre o podcast A Mulher da Casa Abandonada, criado pelo jornalista Chico Felitti.

O programa conta a história de Margarida Bonetti, que vive na tal “casa abandonada” há anos. A mansão fica em Higienópolis, São Paulo.

Margarida, por sua vez, vive na casa mas é foragida do FBI. Ela é acusada de manter uma mulher em situação análoga à escravidão nos Estados Unidos, ainda nos anos 70.

Mansão da ‘mulher da casa abandonada’ vira ponto turístico

Com a história, no mínimo, reveladora, a casa em questão acabou se tornando um ‘ponto turístico’ de São Paulo.

A grande procura se dá pelo sucesso do podcast, que já se tornou um dos mais ouvidos do país.

Nos últimos dias, moradores da região tem relatado que o número de pessoas em frente à mansão tem aumentado drasticamente. A polícia precisou ser acionada por conta dos barulhos feitos pelos visitantes.

Além disso, jovens tem gravado vídeos e danças em frente à residência, como se realmente fosse um ponto turístico.

Onde fica a mansão?

A casa abandonada de Margarida Bonetti fica localizada na Rua Piauí, no bairro nobre de Higienópolis, em São Paulo.

Reprodução/Twitter

Mansão que pertence à ‘mulher da casa abandonada’, Margarida Bonetti – FOTO:Reprodução/Twitter