Corpo de Bárbara Vitória foi localizado em um matagal na manhã desta terça-feira (2). Ela estava desaparecida desde domingo (31).

A Polícia Militar (PM) encontrou um saco de pão semelhante ao comprado pela menina Bárbara Vitória, de 10 anos, na casa de um homem. Ele aparece em imagens registradas por câmeras de segurança ao lado da criança, após ela deixar a padaria, no último domingo (31), e desaparecer (veja abaixo).

Nas imagens, é possível ver o homem fazendo um sinal para Bárbara, que está correndo. Nesta terça-feira (2), o corpo da menina foi encontrado em um matagal em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Homem aparece em vídeo fazendo um sinal para Bárbara Vitória — Foto: Redes sociais

Homem aparece em vídeo fazendo um sinal para Bárbara Vitória — Foto: Redes sociais

De acordo com o boletim de ocorrência, a PM esteve na casa do homem, nesta segunda-feira (1º). Em um primeiro momento, negou que era ele nas imagens ao lado de Bárbara. No entanto, na frente dos militares, o filho do suspeito disse: “Amo o senhor, pai, mas não posso negar que no vídeo é o senhor”.

Depois disso, os policiais encontraram uma sacola de pão na casa. O homem disse que tinha comprado, no domingo (31), mas não sabia precisar o horário. Afirmou também que não conhecia a criança.

No entanto, a mãe de Bárbara disse à PM que ele já esteve na casa dela para consertar a energia elétrica. O suspeito, então, mudou a versão e falou que conhecia a menina e a mãe dela e confirmou que é ele quem aparece no vídeo, mas falou que não tinha feito nada com a criança.

Ele foi conduzido para a delegacia, mas acabou sendo liberado. O g1 Minas questionou a Polícia Civil por que o suspeito foi liberado e aguarda retorno.

Entenda

O corpo da menina Bárbara Vitória, de 10 anos, que estava desaparecida desde o último domingo (31) em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi encontrado em um matagal próximo a um campo de futebol no bairro Pedra Branca, na manhã desta terça-feira (2).

O pai de Bárbara, Rogério Flores, contou que a menina brincava em frente à casa da família, no bairro Mantiqueira, Região de Venda Nova, em Belo Horizonte, no limite com Ribeirão das Neves.

Era o último dia de férias escolares e, por volta das 17h30, ele pediu que a menina fosse à padaria, que fica a poucas quadras de casa. Ela buscaria pães para o café da família. Um trajeto que, segundo o pai, a criança já tinha o hábito de fazer.

Bárbara saiu de casa, mas não voltou. A demora chamou a atenção da família, que buscou a ajuda das autoridades. Imagens de circuito de segurança mostram a menina na fila do caixa da padaria e, depois de ser atendida, guardando o troco em uma bolsa e saindo do local com um saco de pães. Ela chega a se despedir de uma atendente quando o relógio do circuito marca 17h46.

Menina está desaparecida desde domingo (31) — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Às 17h55, uma outra câmera registra o momento em que Bárbara desce uma rua, correndo pelo asfalto.

Quase 30 minutos depois, às 18h23, um novo registro. A menina aparece correndo em frente a outro comércio. Um minuto depois, às 18h24a mesma câmera registra o momento em que dois homens correm na mesma direção em que Bárbara estava.