ter. abr 16th, 2024

Garota pula de carro em movimento após motorista de aplicativo desviar rota e dizer que a ‘levaria para chorar’

By Clayton fev15,2023

Jovem pula de carro em movimento após motorista de aplicativo desviar rota e fazer ameaças em Itanhaém, SP, após reprovação no exame de CNH

Jovem pula de carro em movimento, em Itanhaém, após motorista de aplicativo desviar rota e dizer que a levaria para chorar em um lugar bonito — Foto: Guarda Civil Municipal de Itanhaém/Divulgação e Arquivo Pessoal

Uma jovem de 21 anos pulou de um carro em movimento após o motorista de aplicativo, de 54 anos, desviar a rota e dizer que a levaria para “chorar em um lugar mais bonito” em Itanhaém, no litoral de São Paulo. O caso ocorreu nesta quarta-feira (15) e a vítima, que preferiu não se identificar, contou que havia acabado de ser reprovada no exame para Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Segundo a jovem, ela estava no bairro Sibratel fazendo uma prova de habilitação de moto e, ao ser reprovada, chamou um motorista por aplicativo para voltar para casa. Durante a corrida, o motorista começou a puxar conversa e insistir em falar sobre o motivo da tristeza da passageira. Quando ela se recusou a falar sobre o assunto, o motorista desviou a rota.

A vítima percebeu que o motorista estava levando-a para um lugar desconhecido e tentou argumentar com ele. Foi então que ele disse que a levaria para “chorar em um lugar mais bonito”, num tom maldoso. Assustada, a jovem abriu a porta do carro e pulou do veículo em movimento.



Ao sair do carro, a jovem encontrou um homem com um cachorrinho que a acolheu e a ajudou a pedir socorro. O motorista tentou convencê-la a voltar para o carro, mas foi impedido pelo homem que a ajudou e retirou a chave do contato. Os envolvidos foram encaminhados à delegacia e prestaram depoimento.

O que diz a 99 Taxis?

A empresa de transporte por aplicativo 99 lamentou o caso e informou que bloqueou o perfil do motorista assim que a ocorrência foi registrada. Além disso, a empresa mobilizou uma equipe que tenta contato com a passageira para oferecer acolhimento e suporte. A empresa se colocou à disposição para colaborar com as autoridades, caso necessário, e afirmou ter segurança como prioridade, além de investir em recursos para oferecer proteção às usuárias, antes, durante e depois das corridas.

Registro de ocorrência

O caso foi registrado como violência psicológica contra a mulher na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Itanhaém e o motorista está sendo investigado. O ocorrido serve como alerta para que as mulheres fiquem atentas aos riscos durante as corridas de aplicativos e denunciem casos de assédio ou violência.

Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Itanhaém, SP — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Veja também: