Caso Ana Sophia: Polícia continua colhendo depoimentos em Bananeiras e Solânea, confirma delegado

Delegado confirma continuidade dos depoimentos nas delegacias

A polícia segue colhendo depoimentos nas delegacias de Bananeiras e Solânea, conforme afirmou o delegado responsável pelo caso do desaparecimento da menina Ana Sophia, de 8 anos. Até o momento, não há prisões relacionadas ao caso, mas várias pessoas continuam sendo levadas à delegacia para prestar depoimentos e esclarecer pontos necessários.

Sofia desapareceu quando voltava pra casa, no distrito de Roma, em Bananeiras (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Intensa busca realizada pela Polícia Civil da Paraíba

No fim da tarde desta quinta-feira (13), chamou a atenção a intensa busca realizada pela Polícia Civil da Paraíba no caso do desaparecimento de Ana Sophia. A ação concentrou-se nas cidades de Bananeiras e Solânea, onde a investigação está centralizada. A presença policial reforçada e a movimentação na região têm despertado o interesse da comunidade local.

Depoimentos continuam sendo colhidos

Segundo o delegado Luciano Soares, em nota emitida à imprensa, as equipes da Polícia Civil da Paraíba estão dedicadas à investigação do desaparecimento de Ana Sophia. O delegado ressaltou que nenhuma pessoa foi presa até o momento e destacou que várias pessoas estão sendo conduzidas às delegacias para prestar depoimentos, algumas delas sendo reinquiridas para esclarecimento de pontos considerados relevantes.

Família de Ana Sophia é ouvida pela Polícia Civil

Durante as buscas e diligências, a mãe e as irmãs de Ana Sophia foram levadas à delegacia para prestar esclarecimentos. A Polícia Civil realizou buscas minuciosas na residência da família, em busca de pistas que possam levar ao paradeiro da menina desaparecida. O objetivo é explorar todas as possibilidades e coletar informações que auxiliem na elucidação do caso.

Desaparecimento de Ana Sophia no último dia 4 de julho

Ana Sophia, uma criança de apenas 8 anos, desapareceu no último dia 4 de julho, após sair de casa e comunicar à mãe que iria visitar uma amiga próxima. Desde então, a menina não retornou para casa, deixando a família em angústia e mobilizando as autoridades policiais e os serviços de resgate da região.

Esforços conjuntos na busca por Ana Sophia

As forças de segurança, incluindo a Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, estão unindo esforços para realizar buscas em Bananeiras e até em Pilõezinhos, com o objetivo de encontrar Ana Sophia. Além disso, pessoas próximas à família já foram chamadas para prestar depoimentos, colaborando com as investigações.

Mãe e irmãs de Ana Sophia na delegacia durante as buscas

Durante a tarde deste dia 13 de julho, enquanto a Polícia Civil realizava buscas na residência da família de Ana Sophia, a mãe e as irmãs da criança foram conduzidas à delegacia para prestar esclarecimentos. Essa ação evidencia o trabalho incansável das autoridades na busca por respostas e traz a esperança de que informações importantes possam surgir a partir desses depoimentos.

A polícia continua empenhada na investigação do caso do desaparecimento de Ana Sophia, buscando incansavelmente por pistas que levem ao paradeiro da menina de 8 anos. Enquanto isso, a comunidade e a família da criança aguardam, ansiosos por notícias que possam trazer alívio e esclarecer esse mistério que tem afetado a todos.

Uma pessoa apaixonada por esportes, praias e pela leitura de clássicos literários como "Dom Casmurro", além de obras contemporâneas como "O Código Da Vinci" e explorando questões fascinantes sobre a "Origem da Vida", sempre buscando cativar as pessoas.

Google Search Nitro News Brasil