Após caso de xenofobia em Portugal, Flávio Dino sugere: “Devolve nosso ouro”

Ministro Brasileiro Sugere Repatriação de Brasileiros a Portugal Após Alegado Caso de Xenofobia

O ministro da Justiça do Brasil reagiu a um alegado caso de xenofobia de uma portuguesa a uma brasileira e insinuou aceitar a repatriação de brasileiros se “Portugal devolver junto o ouro”.

O que é esse alegado caso de xenofobia?

O alegado caso de xenofobia envolve uma portuguesa proferindo comentários xenófobos a uma brasileira em um aeroporto de Lisboa.

Por que é importante?

É importante porque demonstra a crescente preocupação com a xenofobia contra brasileiros em Portugal e as possíveis respostas das autoridades brasileiras.

O ministro da Justiça do Brasil reagiu esta terça-feira a um alegado caso de xenofobia de uma portuguesa a uma brasileira e insinuou aceitar a repatriação de brasileiros se “Portugal devolver junto o ouro”.

Como é que o ministro reagiu ao caso?

O ministro Flávio Dino reagiu durante uma cerimônia de lançamento de um programa de bolsas, mencionando o vídeo que circulou nas redes sociais e sugerindo a repatriação de brasileiros.

Num vídeo publicado pela imprensa brasileira, o ministro brasileiro Flávio Dino, durante uma cerimônia de lançamento de um programa de bolsas, referiu-se a um vídeo que surgiu nas redes sociais na segunda-feira “de uma portuguesa xingando uma brasileira no aeroporto de Lisboa”.

Por que o caso é preocupante?

O caso é preocupante porque evidencia atitudes xenofóbicas que afetam as relações entre brasileiros e portugueses em Portugal.

No vídeo, que terá sido feito num aeroporto em Portugal, é possível ouvir a mulher portuguesa a dizer “vá para a sua terra, estão a invadir Portugal”, entre outras declarações xenófobas.

O que está sendo feito para abordar o problema?

O deputado brasileiro Túlio Gadelha solicitou ao Ministério das Relações Exteriores do Brasil que questione a embaixada portuguesa sobre o caso, considerando-o um crime e um desrespeito à nação e aos brasileiros.

Túlio Gadelha: “é um crime”

Túlio Gadelha está acompanhando de perto a apuração do incidente e pedindo medidas para combater casos recorrentes de xenofobia.

De acordo com dados do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), cerca de 400 mil cidadãos brasileiros residem em Portugal, representando cerca de 40% da população estrangeira.

No final de 2022, viviam no país 239.744 brasileiros, um aumento de cerca de 36% desta comunidade apenas este ano.

O que o governo brasileiro está fazendo para apoiar a comunidade brasileira em Portugal?

O governo brasileiro está dando suporte à comunidade brasileira em Portugal, especialmente às mulheres vítimas de intolerância e violência. Esse apoio inclui acordos de cooperação internacional e iniciativas conjuntas entre universidades brasileiras e portuguesas para combater o racismo e a xenofobia.

Em declarações à Lusa, a ministra das Mulheres do Brasil enfatizou o compromisso do governo em apoiar a comunidade brasileira em Portugal, a maior comunidade estrangeira no país.

Durante a visita oficial do Presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, a ministra da Igualdade Racial no Brasil, Anielle Franco, e a primeira-dama, Janja da Silva, reuniram-se “com mulheres brasileiras em Portugal e ouviram os relatos do aumento dos casos de xenofobia”, lembrou Cida Gonçalves.

Isso é um problema crescente?

Sim, o aumento de casos de xenofobia contra brasileiros em Portugal é um problema crescente, como indicam os relatos e dados recentes.

Neste contexto, é fundamental que as autoridades e instituições continuem a trabalhar para combater a xenofobia e promover a harmonia nas relações entre brasileiros e portugueses em Portugal.

Uma pessoa apaixonada por esportes, praias e pela leitura de clássicos literários como "Dom Casmurro", além de obras contemporâneas como "O Código Da Vinci" e explorando questões fascinantes sobre a "Origem da Vida", sempre buscando cativar as pessoas.

Google Search Nitro News Brasil