Chuva atrapalha e PM descarta resgatar corpos de vítimas de acidente com helicóptero nesta sexta

Condições climáticas desfavoráveis dificultam operações de resgate em Paraibuna, São Paulo

Chuva atrapalha chegada de equipes em local onde helicóptero caiu em SP — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Na tarde desta sexta-feira (12), a Polícia Militar anunciou a suspensão da operação de resgate dos corpos das quatro vítimas do acidente com o helicóptero em Paraibuna, interior de São Paulo. O Comando de Aviação e o Corpo de Bombeiros permanecerão na mata durante a noite, preservando a área e preparando a exfiltração que ocorrerá no sábado (13). O tempo chuvoso na região comprometeu a operação aérea e noturna, impactando o cronograma inicial.

A aeronave, desaparecida por 12 dias, foi localizada em uma fazenda de difícil acesso. A chuva, desde a tarde, atrapalha as equipes de resgate, impossibilitando a retirada dos corpos. A falta de um prazo definido para o resgate aumenta a incerteza em torno do desfecho dessa trágica situação.

A área rural de Paraibuna, onde o helicóptero foi encontrado, está a 11 quilômetros do ponto de pouso inicial e a 100 quilômetros do Campo de Marte, local de decolagem. Ilhabela, destino final, fica a 42 km do ponto da queda. Uma base foi montada para apoiar as equipes, mas a chuva impediu o progresso das atividades nesta sexta-feira.

Destroços com identificação do helicóptero encontrado no dia 12 de janeiro de 2024 pela Força Aérea Brasileira na cidade de Paraibuna, no interior de São Paulo — Foto: Divulgação

A suspensão das operações aéreas, por volta das 16h, levou peritos da Polícia Civil e técnicos da Força Aérea Brasileira (FAB) a deslocarem-se por terra até o local do acidente. O trabalho de perícia começou às 18h, a 3 km da base montada, em uma trilha íngreme de mata fechada, demandando esforços adicionais.

A Capitã Natália Giovanini, da PM, informou que, na manhã de sábado, as equipes decidirão o método de resgate, considerando as condições meteorológicas. Se possível, será realizado por aeronaves; caso contrário, um plano de remoção terrestre será elaborado.

Policiais abrem espaço para pousos em área de mata próximo ao local onde helicóptero caiu em SP — Foto: Arquivo Pessoal

A nota oficial da PM destaca a atuação de três helicópteros, além do policiamento de área da região e do policiamento ambiental. A exfiltração será iniciada na primeira oportunidade amanhã, considerando as condições meteorológicas e o nascer do sol.

Confira a nota da PM na íntegra

A Polícia Militar esclarece que, devido ao início do período noturno e à deterioração das condições meteorológicas na região, os corpos não serão removidos na data de hoje.

Policiais Militares do Comando de Aviação e do Corpo de Bombeiros permanecerão na mata durante a noite e madrugada, mantendo a preservação da área e preparando a exfiltração que ocorrerá amanhã.

A Polícia Militar atua na ocorrência com três helicópteros, além do policiamento de área da região e do policiamento Ambiental.

Na primeira oportunidade amanhã, considerando as condições meteorológicas e o nascer do sol, será iniciada a exfiltração.

Bombeiros devem pernoitar para preservar área onde helicóptero foi encontrado em Paraibuna — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Local onde helicóptero foi encontrado em Paraibuna — Foto: Arte/g1

Descoberta da Aeronave e Desafios no Resgate

Nesta sexta-feira (12), equipes de busca localizaram o helicóptero desaparecido em uma área de mata em Paraibuna. A confirmação da morte dos quatro tripulantes foi divulgada pela Polícia Militar, que agradeceu ao Águia 24 pelo achado.

A cidade de Paraibuna, no Vale do Paraíba, testemunhou o desfecho trágico do voo que partiu do Campo de Marte, em São Paulo, em direção a Ilhabela. A localização do helicóptero, comunicada pela PM via redes sociais, revelou destroços entre árvores, evidenciando a magnitude do acidente.

O jornalista César Tralli, da TV Globo, apurou que o helicóptero H-60 Black Hawk da Força Aérea Brasileira conduzia uma equipe especial de resgate. A investigação, iniciada por peritos da Polícia Civil e técnicos da FAB, enfrentou desafios devido à chuva e à dificuldade de acesso à área remota.

Ocupantes do helicóptero que estava desaparecido em São Paulo — Foto: Reprodução/TV Globo

A suspensão temporária das operações aéreas destaca a complexidade do resgate, enquanto as equipes aguardam condições favoráveis para prosseguir, mantendo o compromisso com a segurança das operações.

NitroNewsBrasil – Notícias | NitroNewsBrasil – Famosos | NitroNewsBrasil – Esportes

Google Search Nitro News Brasil