Mortos no temporal do RJ sofreram afogamentos, descarga elétrica e soterramento; Nº de mortos chega a 11

Temporal deixa 11 mortos e 2 desaparecidos no Estado; conheça detalhes sobre as vítimas e os locais dos incidentes

No desolador cenário causado pelo temporal que atingiu o estado do Rio de Janeiro no último fim de semana, a perda de 11 vidas e o desaparecimento de duas pessoas, uma mulher e uma criança, marcam uma tragédia de proporções devastadoras. As mortes ocorreram em decorrência de diferentes situações, como afogamentos, descarga elétrica e soterramento.

Carro da Defesa Civil foi até local onde homem foi encontrado soterrado em Ricardo de Albuquerque — Foto: Reprodução/TV Globo

Lista de Vítimas:

  1. Geraldo, 59 anos – Soterrado em Ricardo de Albuquerque
  2. Marli Zeferino Alves, 77 anos – Afogada em Acari
  3. Mulher (aproximadamente 50 anos) – Afogada em Nova Iguaçu
  4. Vanderlei Rodrigues Alves, 53 anos – Afogado em Comendador Soares
  5. Marcus Aurélio Laponte Alampi, 53 anos – Encontrado morto em Nova Iguaçu
  6. Antônio Caetano Cordeiro, 64 anos – Vítima de descarga elétrica em São João de Meriti
  7. André Cardoso de Aguiar, 52 anos – Morto em Belford Roxo
  8. Sérgio Carlos Monteiro da Silva, 57 anos – Afogado em São João de Meriti
  9. Marcos Aurélio Aguiar Cotias, 53 anos – Eletrocutado em Duque de Caxias
  10. Terezinha do Carmo Cassimiro, 55 anos – Soterrada no Morro da Pedreira
  11. Paulo César Oliveira Fernandes, 59 anos – Vítima de descarga elétrica em Duque de Caxias

A fatalidade se desenrolou em diversos pontos do estado, como em Ricardo de Albuquerque, onde uma casa desabou, resultando na morte de Geraldo. Marli Zeferino Alves foi encontrada afogada em Acari, enquanto em Nova Iguaçu uma mulher faleceu próximo ao córrego de Santa Eugênia. Em Comendador Soares, Vanderlei Rodrigues Alves foi resgatado com sinais de afogamento. Em São João de Meriti, Antônio Caetano Cordeiro perdeu a vida após sofrer uma descarga elétrica, assim como Paulo César Oliveira Fernandes em Duque de Caxias.

Bombeiros no resgate do corpo de homem soterrado em Ricardo de Albuquerque — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Na Pavuna, Zona Norte do Rio, uma mulher morreu soterrada devido ao deslizamento de um barranco no Morro da Pedreira. O resgate, liderado por moradores, foi auxiliado pelo cão da vítima. A falta de registro da ocorrência no sistema do Corpo de Bombeiros gerou questionamentos, e a família da vítima alega a ausência de resposta após acionar os bombeiros.

Área do deslizamento no Morro da Pedreira — Foto: Reprodução

Além das vítimas fatais, um jovem ficou ferido e foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento de Costa Barros. A situação mobilizou a Defesa Civil, que colocou fitas de sinalização na parte alta do morro. A população se vê consternada diante dos acontecimentos, clamando por respostas e medidas preventivas para evitar futuras tragédias.

Google Search Nitro News Brasil