Médico do ES morre durante missão humanitária no Rio Grande do Sul

Médico prestava atendimento às vítimas em um abrigo na cidade de São Leopoldo

Médico do ES morre em abrigo no Rio Grande do Sul Foto: Reprodução / Instagram

Vila Velha, ES – Na madrugada desta segunda-feira (13), uma trágica notícia abalou a comunidade médica e os voluntários envolvidos em ações humanitárias no Brasil. O médico Leandro Medice, 41 anos, residente em Vila Velha, Espírito Santo, veio a falecer enquanto prestava auxílio às vítimas das enchentes que assolaram o estado do Rio Grande do Sul. O profissional estava atuando em um abrigo na cidade de São Leopoldo quando sofreu um mal súbito, vindo a óbito no local.

De acordo com informações divulgadas pela clínica onde o médico atuava, o falecimento ocorreu durante a madrugada, em consequência de um mal súbito. A instituição expressou seu pesar em uma publicação nas redes sociais, destacando a dedicação e o comprometimento do Dr. Leandro com a medicina e com o auxílio aos necessitados.

No domingo anterior ao trágico acontecimento, Leandro compartilhou em suas redes sociais sua decisão de integrar uma missão humanitária no Rio Grande do Sul. Em um vídeo, ele expressou a importância de ajudar as comunidades afetadas pelas enchentes, destacando a necessidade de apoio em momentos de crise.

Durante sua participação na missão, o médico compartilhou relatos sobre a situação das vítimas e a gravidade da situação provocada pelas inundações que atingiram centenas de municípios gaúchos. Sua morte repentina gerou comoção entre colegas de profissão e voluntários que atuam em ações solidárias em todo o país.

Até o momento, não foram divulgadas informações sobre o traslado do corpo e os procedimentos funerários. A família e a clínica onde Leandro trabalhava devem emitir comunicados em breve para informar sobre o velório e o sepultamento.

O falecimento do Dr. Leandro Medice ressalta a importância do trabalho voluntário e da solidariedade em momentos de crise. Sua dedicação e sua disposição em ajudar serão lembradas como exemplos de empatia e humanidade, deixando um legado de amor ao próximo e compromisso com o bem-estar social.

Uma pessoa apaixonada por esportes, praias e pela leitura de clássicos literários como "Dom Casmurro", além de obras contemporâneas como "O Código Da Vinci" e explorando questões fascinantes sobre a "Origem da Vida", sempre buscando cativar as pessoas.

Google Search Nitro News Brasil