Chuva Forte e Frente Fria Deixam Sul do Brasil em Alerta Neste Fim de Semana

Intensas precipitações afetam Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná

A forte chuva que começou nesta sexta-feira (17) deixou o Sul do Brasil em alerta, com previsão de continuar afetando os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. O fenômeno meteorológico causou uma série de transtornos e mobilizou equipes de emergência em diversas regiões.

Defesa Civil eleva cota de atenção em Rio do Sul

Em Rio do Sul, Santa Catarina, a Defesa Civil elevou a cota de atenção para 10,5 metros neste sábado, devido ao aumento progressivo do nível do rio Itajaí-Açu, que já ultrapassou os 8 metros. A comunidade local, acostumada a frequentes inundações, está em estado de vigilância constante.

Moradores expressaram suas preocupações nas redes sociais da prefeitura. “Por favor, dêem uma metragem com folga para a população saber o que fazer”, solicitou uma moradora. Outra cidadã demonstrou seu descontentamento: “Em menos de 6 meses, mais uma inundação. Não há móveis que aguentem tanto monta e desmonta”.

Moradores clamam por medidas efetivas para evitar novas inundações

As “cotas de inundação” são níveis críticos que, uma vez atingidos pelo rio, exigem evacuação imediata, enquanto as “cotas de atenção” alertam os moradores para se prepararem para uma possível evacuação. Essas medidas são cruciais para garantir a segurança da população.

No bairro Valada São Paulo, uma família com cinco crianças foi resgatada após ficar ilhada. O Corpo de Bombeiros utilizou uma embarcação inflável para o resgate, garantindo a segurança das vítimas. Este incidente destaca a gravidade da situação e a prontidão das equipes de emergência.

Resgates e desalojamentos marcam a crise nas áreas mais atingidas

A chuva acumulou 200 mm em apenas 24 horas, afetando diversos bairros, incluindo Taboão e Pamplona. A Defesa Civil está monitorando a situação e atualizando as informações continuamente. Vários abrigos foram disponibilizados para acolher os desalojados, demonstrando a resposta rápida das autoridades.

As condições ainda são críticas, e moradores de áreas de risco estão sendo aconselhados a retirar pertences e buscar locais seguros. A previsão meteorológica indica mais precipitações para o decorrer do dia, aumentando a preocupação com novas inundações.

As autoridades locais pedem que os motoristas evitem áreas alagadas e interditadas, especialmente nas proximidades de rios e ribeirões. A colaboração da população é essencial para minimizar riscos e garantir a segurança de todos durante este período de chuvas intensas.

A situação no Sul do Brasil requer atenção e preparo contínuos, com as autoridades e a comunidade trabalhando juntos para enfrentar os desafios impostos pelas condições climáticas adversas. A previsão de mais chuvas reforça a necessidade de medidas preventivas e respostas rápidas para proteger vidas e propriedades.

Google Search Nitro News Brasil