“Ninguém Aguenta Mais”: Moradores de Rio do Sul Desabafam Após Rio Aumentar Cota de Atenção para 10,5 Metros

Defesa Civil Eleva Cota de Atenção e Moradores de Rio do Sul Expressam Frustração

Reprodução / CBMSC

Em Rio do Sul, as chuvas intensas das últimas semanas levaram a Defesa Civil a elevar a cota de atenção para 10,5 metros neste sábado, em resposta ao aumento progressivo do nível do rio Itajaí-Açu, que já alcançou mais de 8 metros. Os moradores, exaustos com a frequência das inundações, clamam por medidas mais assertivas.

Comunidade Clama por Ações Mais Eficazes

Os moradores da região têm utilizado as redes sociais para expressar seu descontentamento e preocupação com a situação. “Por favor, dêem uma metragem com folga para a população saber o que fazer”, solicitou uma moradora através das redes sociais da prefeitura. Outra cidadã expressou seu descontentamento: “Em menos de 6 meses, mais uma inundação. Não há móveis que aguentem tanto monta e desmonta”.

Medidas de Segurança e Respostas da Defesa Civil

As “cotas de inundação” indicam os níveis críticos que, se alcançados pelo rio, requerem evacuação imediata, enquanto as “cotas de atenção” alertam os moradores para se prepararem para uma possível evacuação. Ambas as medidas são essenciais para a segurança da comunidade. No bairro Valada São Paulo, uma família com cinco crianças foi resgatada após ficar ilhada. O Corpo de Bombeiros utilizou uma embarcação inflável para o resgate, garantindo a segurança das vítimas.

Chuvas Intensas e Impacto nos Bairros

A chuva, que registrou um acumulado de 200 mm em apenas 24 horas, já afeta diversos bairros, incluindo Taboão e Pamplona. A Defesa Civil continua a monitorar e atualizar a situação, enquanto vários abrigos estão disponíveis para acolher os desalojados. As autoridades locais reforçam a importância de os moradores de áreas de risco retirarem seus pertences e buscarem locais seguros.

Previsões de Mais Chuvas e Orientações das Autoridades

A situação ainda é crítica, e os moradores de áreas de risco estão sendo aconselhados a retirar pertences e buscar locais seguros, enquanto a previsão indica mais precipitações para o decorrer do dia. As autoridades locais pedem que os motoristas evitem áreas alagadas e interditadas, especialmente nas proximidades de rios e ribeirões. A Defesa Civil também está de prontidão para qualquer emergência, garantindo que os recursos necessários estejam disponíveis para proteger a população.

A resposta da comunidade e das autoridades destaca a necessidade urgente de ações mais eficazes e preventivas para mitigar os efeitos das inundações em Rio do Sul. Enquanto isso, a população segue vigilante e esperançosa por dias mais seguros e secos.

Uma pessoa apaixonada por esportes, praias e pela leitura de clássicos literários como "Dom Casmurro", além de obras contemporâneas como "O Código Da Vinci" e explorando questões fascinantes sobre a "Origem da Vida", sempre buscando cativar as pessoas.

Google Search Nitro News Brasil