Rumo a Paris: Brasil é destaque no vôlei, canoagem e tênis de mesa

O esporte brasileiro abre a semana ainda em clima de comemoração pelas várias conquistas do fim de semana, a pouco mais de um mês para a Olimpíada de Paris. No domingo (16), o mesa-tenista carioca Hugo Calderano, número seis do mundo, foi campeão no WTT Contender de Ljubljana (Eslovênia), repetindo o êxito na etapa do WTT do Rio de Janeiro, no último dia 26. O brasileiro sobrou na final contra o francês Felix Lebrun, quinto no ranking mundial, por 4 sets a 0 (parciais de 11/9, 11/5, 11/7 e 11/9).

Também com presença assegurada em Paris 2024, a paulista Giulia Takahashi roubou a cena no Campeonato Sul-Americano, em Assunção (Paraguai) ao conquistar duas das seis medalhas de ouro obtidas pelo Brasil na competição (no quadro geral foram 10 medalhas). No individual. foi campeã ao superar a chilena Daniela Ortega e depois também faturou o título nas duplas ao lado de Laura Watanabe, sobre parceria chilena.

Na Liga das Nações de Vôlei Feminino (LNV), a seleção brasileira derrotou a Turquia, atual campeã, por 3 sets a 0 (parciais de 25/14, 25/14 e 25/19), em Hong Kong (China). De quebra, além de manter a invencibilidade – 12 triunfos seguidos – a equipe comandada por José Roberto Guimarães assumiu a liderança do ranking mundial e derrubou a Turquia para a segunda colocação na lista.  As brasileiras buscam o título inédito na LNV e voltam à quadra na próxima quinta (20), às 10h30 (horário de Brasília), para o duelo de quartas de final  contra as tailandesas, em Bangcoc, casa das adversárias.

No tênis, a nova parceria do mineiro Marcelo Melo com o gaúcho Rafael Matos faturou seu primeiro título na grama. Eles venceram de virada a final de duplas do ATP 250 de Stuttgart (Alemanha), por 2 sets a 1 ( 3/6, 6/3 e 10/8). O torneio é preparatório para o Grand Slam de Wimbledon, em Londres.

“Muito feliz com a vitória. Primeiro torneio de grama jogando juntos, conseguimos o título. Fizemos belos jogos durante a semana toda. Jogamos muito confiantes nos momentos importantes do primeiro jogo à final. Acho que é uma fração de um belo caminho que temos pela frente. Eu e o Rafa estamos realmente muito contentes com esse titulo aqui em Stuttgart”, comemorou Marcelo Melo, após a vitória em Stuttgart.

Prata do Brasil na canoagem slalom

No sábado (15), a mineira Ana Sátila foi medalha de prata na canoa individual (C1), na etapa da Copa do Mundo de Cracóvia (Polônia), a última antes de Paris 2024. Já com vaga olímpica assegurada nas categorias K1, C1 e Cross, Sátila completou o percurso em 105s99, ficando atrás apenas da campeã olímpica: a australiana Jéssica Fox (102s71),  A tcheca Martina Satkova (110s35) completou o pódio com o bronze.

Na disputa masculina do caiaque-cross, o paulista Pepê Gonçalves terminou na quarta colocação. Além do Kross, Pepê também competirá em Paris na K1 (caiaque individual).