Faustão segue na UTI e coração funciona ‘como esperado’ após transplante, diz novo boletim de saúde

Apresentador recebeu transplante de coração e continua na UTI do Hospital Albert Einstein em São Paulo.

São Paulo (SP) – Apresentador Faustão pode passar por transplante de coração. Internado no Alberti Einstein, em São Paulo, ele está passando por diálise. Foto: Instagram/Fausto Silva

O apresentador de televisão, Fausto Silva, encontra-se na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Albert Einstein, situado em São Paulo, conforme atualização médica divulgada nesta segunda-feira (28). O transplante de coração ao qual Faustão foi submetido ocorreu no domingo (27).

O comunicado assinado pelo Dr. Fernando Bacal, e enviado ao g1, revela: “O paciente Fausto Silva, que passou por um transplante de coração no Hospital Israelita Albert Einstein no dia 27 de agosto, permanece sob sedação e com assistência de ventilação mecânica na Unidade de Terapia Intensiva. Seu estado clínico é estável e as funções cardíacas estão de acordo com o esperado nas primeiras 24 horas.”

Conforme a Central de Transplantes do Estado de São Paulo, Faustão ocupava a segunda posição na lista de espera por um coração. Já o Ministério da Saúde esclareceu que o apresentador foi priorizado devido à gravidade de sua condição de saúde.

Prioridade de acordo com diretrizes do Sistema Único de Saúde

A escolha de priorizar Faustão respeitou os critérios estabelecidos pelo Sistema Único de Saúde, que considera a gravidade do quadro do paciente como parâmetro.

A Central de Transplantes do Estado de São Paulo confirmou: “A seleção para o coração deste receptor, realizada pelo sistema informatizado de gerenciamento do sistema estadual de transplantes, envolveu 12 pacientes elegíveis. Entre eles, quatro receberam prioridade, e o paciente ocupava a segunda posição nessa lista.”

Com a recusa do paciente em primeiro lugar pela equipe médica, o segundo na lista, Faustão, tornou-se o receptor. Pacientes como o apresentador, com tipo sanguíneo B, podem esperar receber um coração no prazo de 1 a 3 meses.

Detalhes da cirurgia e próximos passos

A cirurgia de transplante foi realizada pela equipe médica do hospital Albert Einstein, e levou cerca de 2 horas e 30 minutos para ser concluída.

O boletim hospitalar afirmou: “O procedimento foi bem-sucedido, e Fausto Silva permanece na UTI para monitorar a adaptação do órgão e prevenir rejeições.”

Abaixo, listamos alguns critérios que influenciam a lista de espera do Sistema Único de Saúde:

  • Ordem cronológica de cadastro do paciente;
  • Gravidade do quadro clínico;
  • Compatibilidade de tipo sanguíneo;
  • Considerações de estatura e peso do doador e receptor;
  • Restrição temporal para a transferência do órgão entre doador e receptor;
  • Tempo de isquemia e método de transporte do órgão.

Fonte: Diário do Nordeste

Uma pessoa apaixonada por esportes, praias e pela leitura de clássicos literários como "Dom Casmurro", além de obras contemporâneas como "O Código Da Vinci" e explorando questões fascinantes sobre a "Origem da Vida", sempre buscando cativar as pessoas.

Google Search Nitro News Brasil