Quaest: Aprovação do Governo Lula Sobe para 54% e Rejeição Cai para 43%

Nova Pesquisa Aponta Crescimento na Aprovação de Lula

A recente pesquisa Quaest, divulgada nesta quarta-feira (10/7), revela um aumento significativo na aprovação do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O levantamento indica que 54% dos entrevistados aprovam a gestão de Lula, enquanto 43% desaprovam. Outros 4% dos entrevistados não souberam ou não quiseram responder.

No levantamento anterior, realizado em maio, a aprovação do governo era de 50%, enquanto a desaprovação alcançava 47%. Este crescimento na aprovação representa uma importante vitória para a administração petista.

Detalhes da Pesquisa

A pesquisa Quaest ouviu 2 mil brasileiros em 120 municípios entre os dias 5 e 8 de julho. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. A sondagem foi encomendada pela Genial Investimentos, fornecendo um panorama atualizado sobre a percepção da população em relação ao governo.

Os dados demonstram que a aprovação do governo é mais elevada entre certos grupos demográficos, como mulheres, pessoas com 60 anos ou mais, brasileiros com renda de até dois salários mínimos, católicos e moradores da Região Nordeste.

Aprovação por Grupos Demográficos

Entre as mulheres, 57% aprovam o trabalho do presidente, enquanto 39% desaprovam. Na pesquisa anterior, esses números eram 54% e 44%, respectivamente. Esse aumento mostra uma tendência positiva para Lula entre o eleitorado feminino.

Entre os homens, a aprovação subiu de 47% em maio para 50% na pesquisa mais recente, superando a rejeição, que caiu de 51% para 47%. Esse movimento indica uma recuperação da imagem do presidente entre os homens.

Regiões e Avaliação Geral

Na Região Nordeste, a aprovação do presidente é robusta, com 69% de apoio contra 28% de reprovação. No Sul, no entanto, a avaliação positiva caiu de 47% para 43%, enquanto a rejeição aumentou de 52% para 54%, dentro da margem de erro.

Na avaliação geral, 36% dos entrevistados consideram a gestão de Lula positiva, 30% a consideram regular e outros 30% a veem como negativa. Aqueles que não souberam ou não quiseram responder somam 4%.

Impacto da Pesquisa

Os resultados da pesquisa Quaest destacam uma melhora na percepção pública do governo Lula, especialmente em comparação com o levantamento anterior. Este aumento na aprovação pode ser interpretado como um sinal de apoio crescente, refletindo possivelmente as políticas e ações recentes do governo.

A pesquisa também sublinha os desafios regionais e demográficos que a administração enfrenta, evidenciando a necessidade de estratégias específicas para manter e ampliar a aprovação popular.